SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 issueUNICOPreservation of wood recipients by chemicals and their influence on the growth of coffee seedlingsStudies about coffee plantations in the county of campinas by means of photointerpretation author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Bragantia

Print version ISSN 0006-8705

Abstract

ROCHA, José Luiz V. et al. Adubação da mamoneira: IV - Experiências de espaçamento x adubação (2.a série). Bragantia [online]. 1964, vol.23, n.unico, pp.257-269. ISSN 0006-8705.  http://dx.doi.org/10.1590/S0006-87051964000100020.

Para estudar a influência da densidade de plantio sôbre a produção da mamoneira-anã, variedade IAC-38, foram conduzidas duas experiências fatoriais com os espaçamentos de 1,0, 1,5 e 2,0 m entre as linhas de plantas, as distâncias de 0,5, 1,0 e 1,5 m entre as covas (deixando-se duas plantas por cova) e três níveis de NPK: 0, 30-60-30 e 60-90-60 kg/ha de N-P2O5-K2O. As experiências, localizadas em Pindorama e Tatuí, foram instaladas em 1960-61 e repetidas (adubadas e plantadas), nos mesmos canteiros, em 1961-62. As melhores produções foram obtidas com os espaçamentos de 1,0 x 1,0 e 1,5 x 0,5 m. Para o efeito de NPK, as distâncias intermediárias, entre as linhas ou entre as covas; proporcionaram muito melhores condições do que as extremas. Levando em consideração detalhes das observações efetuadas, os autores supõem que um espaçamento da ordem de 1,25 x 0,80 m seria mais adequado, pois, em relação ao de 1,0 x 1,0 m, facilitaria os tratos culturais e a colheita, e, em relação ao de 1,5 x 0,5 m, evitaria possível desperdício de espaço entre as linhas e atenuaria a concorrência entre as plantas da.mesma linha.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License