SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 númeroUNICORespostas do feijoeiro à aplicação de diversos tipos de matéria orgânica não decomposta, na presença de adubações minerais com P, PK, NPou NPKEfeito das variações do titulo e da irregularidade na resistência do fio de algodão índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Bragantia

versão On-line ISSN 1678-4499

Resumo

FUZATTO, Milton Geraldo  e  FERRAZ, Carlos A. M.. Correlação entre o efeito da adubação potássica no algodoeiro e a análise química do solo. Bragantia [online]. 1967, vol.26, n.unico, pp. 345-352. ISSN 1678-4499.  http://dx.doi.org/10.1590/S0006-87051967000100026.

No estudo de 178 experimentos de adubação do algodoeiro realizados em vários tipos de solo do Estado de São Paulo, no período de 1957-65, foi encontrada correlação entre as respostas na produção, obtidas pela aplicação de 60 kg/ha de K2O, e os resultados revelados pela análise química do solo. Uma regressão múltipla de 1.° grau, descrevendo o efeito da adubação potássica em função da relação Ca++ /K+ e do teor de K+, elementos trocáveis no solo, revelou um coeficiente R = 0.804**, explicando cêrca de 65% da variação das respostas. Considerando as correlações simples lineares, a relação Ca++/K + explicou 59% do efeito da adubação, ao passo que a parte esclarecida pelo teor de K+, isoladamente, não ultrapassou os 23%. Nenhum ganho apreciável, em precisão, foi obtido pela introdução de uma função quadrática para descrever estas correlações.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português