SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 issueUNICOEffects of mineral fertilizers on peanut pod productionBehavior of São Paulo cotton varieties under different levels of N, P and K fertilization on Lattossolic B "Terra Roxa" soils author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Bragantia

On-line version ISSN 1678-4499

Abstract

CARVALHO, A. et al. Ocorrência dos principais defeitos do café em várias fases de maturação dos frutos. Bragantia [online]. 1970, vol.29, n.unico, pp. 207-220. ISSN 1678-4499.  http://dx.doi.org/10.1590/S0006-87051970000100020.

A ocorrência dos principais defeitos do café - grãos de película verde, grãos prêtos e grãos ardidos - foi estudada nos anos de 1967 e 1968, em Campinas, colhendo-se plantas, mensalmente, de abril a março do ano seguinte. Em cada colheita a produção total foi separada nas frações frutos verdes, meio maduro, maduro, passa, sêco normal, "sêco anormal" e café do chão. Nessas frações foi determinada a presença dos referidos defeitos. O defeito, "grão verde", em várias tonalidades, foi encontrado com maior freqüência nas frações de frutos verdes e, em ordem decrescente, nas frações sêco anormal, meio maduro, maduro, passa, sêco normal e sêco do chão. Os dados mostram que os chamados grãos verdes na verdade não provêm exclusivamente de frutos colhidos verdes, pois ocorreram com freqüência em tôdas as frações estudadas. Os grãos ardidos tiveram freqüência mais elevada na fração sêco do chão e decresceram nas frações sêco normal, sêco anormal, verde, meio maduro, maduro e passa. Essa ocorrência, em tôdas as frações estudadas, indica que tal defeito deve resultar de várias causas, e não apenas de fermentações anormais, como geralmente é considerado. O defeito "grão prêto" apareceu com maior freqüência no café sêco do chão e, em ordem decrescente, nos frutos sêco normal e sêco anormal, não ocorrendo nas demais frações. Os resultados mostram a conveniência de colhêr apenas o café maduro, quando então se verificar a menor quantidade dos defeitos estudados. Sugerem também ser recomendável uma revisão na designação dos defeitos, a fim de evitar interpretações errôneas na classificação comercial.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese