SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 issueUNICOOccurrence of the main coffee beans deffects in several stages of ripeningSurvey of the nutritional condition of the coffee in the State of São Paulo through foliar analyses: II - Podzolized soils of Lins and Marilia, Latosolic B "Terra Roxa" and Ortho-Red Yellow Podzol author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Bragantia

On-line version ISSN 1678-4499

Abstract

SILVA, Nelson Machado da; FUZATTO, Milton Geraldo  and  FERRAZ, Carlos Antônio Menezes. Comportamento de variedades paulistas de algodoeiro em diferentes níveis de adubação N,P e K, em Latossolo Roxo - (1.ª série). Bragantia [online]. 1970, vol.29, n.unico, pp. 221-235. ISSN 1678-4499.  http://dx.doi.org/10.1590/S0006-87051970000100021.

São relatados resultados de três ensaios de variedades paulistas de algodoeiro adubadas com diferentes doses dos elementos N, P e K, conduzidos em Latossolo Roxo não infestado pelo fungo causador da murcha de Fusarium, em 1965/66. As variedades IAC 13 e IAC 12 apresentaram ciclo vegetativo mais longo que a IAC RM3. A variedade IAC 13 superou em produção a IAC 12, e a variedade IAC RM3, que apresentou sintomas mais intensos de deficiência de potássio, obteve a menor média de produção. A dose básica de adubação, correspondente a 20, 45 e 40 kg/ha de N, P2O5 e K2O, aumentou significativamente a produção. Em média, a dose dupla proporcionou pequeno aumento, quando comparada com a básica, nas variedades IAC 12 e IAC 13. Em um dado ensaio, essa dose mostrou--se inferior à básica, quando aplicada à variedade IAC RM3. A variedade IAC 12 apresentou a mais alta média de porcentagem de fibra. A IAC 13 foi a melhor quanto aos índices Micronaire e Pressley. A adubação utilizada não concorreu para melhorar nenhuma dessas características; contribuiu entretanto para aumentar o pêso dos capulhos e das sementes.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese