SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.48 número2Ocorrência de Eurhizococcus brasiliensis (Hempel) (homoptera: margarodidae) em videira no município de Louveira, Estado de São PauloUtilização do etefom e do tidiazurom na desfolha do algodoeiro e na deiscência de seus frutos índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Bragantia

versão impressa ISSN 0006-8705versão On-line ISSN 1678-4499

Resumo

LOURENCAO, André Luiz; COSTA, Álvaro Santos  e  MIRANDA, Manoel Albino Coelho de. Resistência de campo ao vírus da queima-do-broto em genótipos de soja resistentes a insetos. Bragantia [online]. 1989, vol.48, n.2, pp.209-214. ISSN 1678-4499.  https://doi.org/10.1590/S0006-87051989000200006.

Avaliou-se o comportamento de trinta e seis genótipos de soja em relação à incidência da queima-do-broto em condições de campo, no Centro Experimental de Campinas (IAC), no ano agrícola 1985/86. A infecção variou de 13 a 92%, destacando-se PI 227687 (13%), IAC 73-228 (25%), IAC 80-1177 (36%), IAC 80-1191 e IAC 84-20-1 (38%) e PI 274453 (40%) com os menores índices da doença. Os cinco genótipos menos infectados, mais a linhagem IAC 79-1823 e os cultivares IAC 9, IAC 10, IAC 12, Santa Rosa, Cristalina e IAC Foscarin-31, inoculados mecanicamente em casa de vegetação com diferentes isolados do vírus, não mostraram nível de resistência semelhante ao observado em campo; nesse teste, a infecção variou de 45 a 90%, tendo o melhor tratamento do experimento de campo (PI 227687) apresentado 90% de infecção. Há indicação, portanto, que a menor infecção observada nos genótipos no experimento de exposição natural seja resistência de campo, relacionada com a interação planta-tripes vetor.

Palavras-chave : Glycine max (L) Merrill; resistência a insetos; vírus da queima-do-broto; tripes; Frankliniella.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons