SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.64 issue3Taxonomic identification of crabgrass species infesting sugarcane crop in São Paulo State and herbicide efficacy to control Digitaria nudaPhysical and chemical treatments on emergency and growth of sweetsop plantlets author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Bragantia

On-line version ISSN 1678-4499

Abstract

PAULO, Edison Martins; FURLANI JUNIOR, Enes  and  FAZUOLI, Luiz Carlos. Comportamento de cultivares de cafeeiro em diferentes densidades de plantio. Bragantia [online]. 2005, vol.64, n.3, pp. 397-409. ISSN 1678-4499.  http://dx.doi.org/10.1590/S0006-87052005000300009.

Avaliou-se em Adamantina, na Região da Alta Paulista, em São Paulo, entre maio de 1995 e junho de 2000, o crescimento e quatro produções de cafeeiros das cultivares de porte baixo Catuaí Amarelo IAC 47 e Obatã IAC 1669-20 de Coffea arabica L., submetidas às densidades de plantio de 2.500, 5.000, 7.519 e 10.000 plantas ha-1, com uma planta por cova. Estudou-se também a população de 2.500 plantas.ha-1 em covas com duas plantas com 2,0 m de distância na linha de plantio. Adotou-se o delineamento estatístico de blocos ao acaso com três repetições, com parcelas subdivididas, onde as parcelas foram as populações e as subparcelas, as cultivares. Os resultados permitiram inferir que, no período estudado, o aumento da densidade influenciou positivamente a altura e negativamente o diâmetro do caule e da base da copa dos cafeeiros, mas não a altura da inserção do primeiro ramo plagiotrópico a partir do nível do solo. O aumento da população de cafeeiros acarretou menor produção de café beneficiado por planta, mas concorreu para o aumento da produtividade no período de 1997 a 2000. O plantio de duas mudas de café por cova acarretou também diminuição do diâmetro do caule e da produção individual dos cafeeiros. Observou-se na cultivar Catuaí Amarelo IAC 47 maior diâmetro da base da copa e maior crescimento em altura, enquanto a cv. Obatã IAC 1669-20 evidenciou seu maior diâmetro do caule. As cultivares Catuaí Amarelo IAC 47 e Obatã IAC 1669-20 não diferiram entre si quanto à produção individual e à produtividade de café beneficiado no quadriênio (1997-2000).

Keywords : café; Coffea arabica L.; densidade de plantas; competição.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese