SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.66 issue1Genetics divergence among lettuce genotypes by AFLP markersLipoxygenase activity in Brazilian rice cultivars with variable resistance to leaf blast disease author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Bragantia

On-line version ISSN 1678-4499

Abstract

PEIXOTO, Paulo Henrique Pereira; PIMENTA, Daniel Sales  and  CAMBRAIA, José. Alterações morfológicas e acúmulo de compostos fenólicos em plantas de sorgo sob estresse de alumínio. Bragantia [online]. 2007, vol.66, n.1, pp. 17-25. ISSN 1678-4499.  http://dx.doi.org/10.1590/S0006-87052007000100003.

Os efeitos do alumínio (Al+3) sobre a morfologia e o acúmulo de compostos fenólicos foram avaliados em duas cultivares de sorgo (Sorghum bicolor (L.) Moench) com tolerância diferencial ao Al+3. As plantas foram mantidas em solução nutritiva durante dez dias, na presença (185 mM) ou na ausência de Al+3. Os ápices radiculares foram coloridos com hematoxilina férrica, sendo a intensidade da coloração observada na presença do Al+3 muito próxima entre as cultivares, o que inviabiliza a aplicação desse teste, isoladamente, para discriminação entre o genótipo sensível e o tolerante ao Al+3. As análises da morfologia externa e interna dos ápices radiculares de plantas tratadas com Al+3 também foram muito similares entre as duas cultivares, não permitindo a utilização dessas características para seleção entre a cultivar sensível e a tolerante. O maior acúmulo de lignina e, principalmente, a menor produção de compostos fenólicos, observados na presença do Al+3 nas raízes das plantas da cultivar tolerante (BR006R), são parâmetros que possibilitam a discriminação das cultivares quanto à tolerância ao Al+3.

Keywords : alumínio; morfologia; fenólicos; sorgo; Sorghum bicolor.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese