SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.68 número4Enraizamento de estacas de Cana-do-BrejoUso do regulador de crescimento etil-trinexapac em arroz de terras altas índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Bragantia

versão impressa ISSN 0006-8705

Resumo

SEDIYAMA, Maria Aparecida Nogueira et al. Produtividade e estado nutricional do quiabeiro em função da densidade populacional e do biofertilizante suíno. Bragantia [online]. 2009, vol.68, n.4, pp.913-920. ISSN 0006-8705.  http://dx.doi.org/10.1590/S0006-87052009000400011.

Este trabalho teve como objetivo avaliar a produtividade e o estado nutricional do quiabeiro 'Santa Cruz', cultivado em sistema orgânico, em função de populações de plantas e doses de biofertilizante suíno. O experimento foi realizado na Fazenda Experimental da EPAMIG, em Oratórios (MG), no período de 16/10/2007 a 22/2/2008. O delineamento foi em blocos casualizados, com quatro repetições, no esquema fatorial 2 x 5, sendo duas populações de plantas e cinco doses de biofertilizante, obtido pela fermentação anaeróbica de dejeto líquido de suíno. As populações foram 23.809 e 35.714 plantas ha-1, obtidas no espaçamento de 1,4 x 0,30 m com uma planta por cova e 1,4 x 0,40 m com duas plantas por cova. As doses de biofertilizante foram: 0; 6; 12; 24 e 48 m3 ha-1, sendo 80% aplicado no sulco de plantio, 15 dias antes do transplante, e 20% em cobertura, aos 30 dias após o transplante das mudas. Avaliaram-se teor foliar de nutrientes, índice SPAD, altura de plantas, número de hastes e produção de frutos comerciais e não comerciais. A aplicação do biofertilizante suíno proporcionou plantas com bom estado nutricional. O índice SPAD correlacionou positivamente com teores foliares de N, sendo as maiores concentrações obtidas nas maiores doses de biofertilizante, especialmente na menor população de plantas. O número e a produção de frutos comerciais por planta foram maiores quando se utilizou menor população de plantas. A maior produtividade obtida na população de 35.714 plantas ha-1 foi 31,23 t ha-1 e na população de 23.809 plantas ha-1 foi 21,90 t ha-1, ambas alcançadas com a maior dose de biofertilizante aplicada. A maior produtividade comercial de frutos de quiabo foi obtida na maior população de plantas.

Palavras-chave : Abelmoschus esculentus; densidade de plantio; nutrição de plantas; adubação orgânica.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf epdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons