SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.68 número4Enraizamento de estacas de Cana-do-BrejoUso do regulador de crescimento etil-trinexapac em arroz de terras altas índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Bragantia

versão impressa ISSN 0006-8705

Resumo

SEDIYAMA, Maria Aparecida Nogueira et al. Produtividade e estado nutricional do quiabeiro em função da densidade populacional e do biofertilizante suíno. Bragantia [online]. 2009, vol.68, n.4, pp. 913-920. ISSN 0006-8705.  http://dx.doi.org/10.1590/S0006-87052009000400011.

Este trabalho teve como objetivo avaliar a produtividade e o estado nutricional do quiabeiro 'Santa Cruz', cultivado em sistema orgânico, em função de populações de plantas e doses de biofertilizante suíno. O experimento foi realizado na Fazenda Experimental da EPAMIG, em Oratórios (MG), no período de 16/10/2007 a 22/2/2008. O delineamento foi em blocos casualizados, com quatro repetições, no esquema fatorial 2 x 5, sendo duas populações de plantas e cinco doses de biofertilizante, obtido pela fermentação anaeróbica de dejeto líquido de suíno. As populações foram 23.809 e 35.714 plantas ha-1, obtidas no espaçamento de 1,4 x 0,30 m com uma planta por cova e 1,4 x 0,40 m com duas plantas por cova. As doses de biofertilizante foram: 0; 6; 12; 24 e 48 m3 ha-1, sendo 80% aplicado no sulco de plantio, 15 dias antes do transplante, e 20% em cobertura, aos 30 dias após o transplante das mudas. Avaliaram-se teor foliar de nutrientes, índice SPAD, altura de plantas, número de hastes e produção de frutos comerciais e não comerciais. A aplicação do biofertilizante suíno proporcionou plantas com bom estado nutricional. O índice SPAD correlacionou positivamente com teores foliares de N, sendo as maiores concentrações obtidas nas maiores doses de biofertilizante, especialmente na menor população de plantas. O número e a produção de frutos comerciais por planta foram maiores quando se utilizou menor população de plantas. A maior produtividade obtida na população de 35.714 plantas ha-1 foi 31,23 t ha-1 e na população de 23.809 plantas ha-1 foi 21,90 t ha-1, ambas alcançadas com a maior dose de biofertilizante aplicada. A maior produtividade comercial de frutos de quiabo foi obtida na maior população de plantas.

Palavras-chave : Abelmoschus esculentus; densidade de plantio; nutrição de plantas; adubação orgânica.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português