SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.69 issue2Method for measuring the horizontal gang angle of double-action disc harrows and its application in the field author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Bragantia

Print version ISSN 0006-8705

Abstract

FAGUNDES, Joelma Dutra; STRECK, Nereu Augusto; STORCK, Lindolfo  and  REINIGER, Lia Rejane Silveira. Temperatura-base e soma térmica de subperíodos do desenvolvimento de Aspilia montevidensis. Bragantia [online]. 2010, vol.69, n.2, pp.499-507. ISSN 0006-8705.  http://dx.doi.org/10.1590/S0006-87052010000200030.

Aspilia montevidensis é uma planta herbácea, perene, de ocorrência natural no Sul e Sudeste do Brasil, onde é considerada planta daninha. Ainda não foi muito estudada, especialmente no que se refere ao seu desenvolvimento. O objetivo deste trabalho foi determinar a temperatura-base e a duração de alguns subperíodos do ciclo de desenvolvimento de A. montevidensis. O experimento foi desenvolvido em Santa Maria (RS), em delineamento inteiramente casualizado e esquema fatorial envolvendo seis épocas de transplantio (20/12/05 e 14/2, 6/3, 4/4, 5/5 e 8/6/06) e sete posições nas hastes das plantas. A unidade experimental foi uma planta cultivada em vaso preenchido com substrato comercial. As datas dos estádios de desenvolvimento transplante (T); botão visível (BV); capítulo aberto (CA) e capítulo senescente (CS) foram registradas na haste principal e laterais de primeira e segunda ordem. A temperatura-base dos subperíodos T-BV e BV-CS foi estimada por três métodos e, após, calculada a duração, em ºC dia, dos subperíodos T-BV, BV-CA e CA-CS. A soma térmica diária foi calculada a partir do transplante. A temperatura base estimada para os subperíodos T-BV e BV-CS foi de 13 ºC e 7 ºC respectivamente. Na duração em ºC dia do subperíodo T-BV teve variação entre hastes e épocas de cultivo, com duração mínima de 489,1 e máxima de 1269,4 ºC dia. A duração em ºC dia dos subperíodos BV-CA e CA-CS, em geral, não houve variações entre hastes e épocas, sendo ao redor de, respectivamente, 179,8 e 97,2 ºC dia.

Keywords : Fenologia; graus-dia; planta ornamental; planta daninha; mal-me-quer.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License