SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.69 issue3Bixin and lipids content in annato seeds from collection of the instituto agronômico (IAC) author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Bragantia

Print version ISSN 0006-8705

Abstract

HAGEMANN, Thaís Raquel et al. Potencial alelopático de extratos aquosos foliares de aveia sobre azevém e amendoim-bravo. Bragantia [online]. 2010, vol.69, n.3, pp. 509-518. ISSN 0006-8705.  http://dx.doi.org/10.1590/S0006-87052010000300001.

O trabalho teve por objetivo avaliar o efeito alelopático de extratos aquosos de cinco cultivares de aveia branca (Avena sativa L.) e quatro de aveia preta (Avena strigosa Schreb), nas concentrações de 0, 25%, 50% e 100%, sobre a germinação e o desenvolvimento das plântulas de azevém (Lolium multiflorum Lam.) e amendoim-bravo (Euphorbia heterophylla L.). O delineamento utilizado foi o inteiramente casualizado distribuído em um trifatorial (genótipos de aveia x plantas infestantes x concentrações do extrato). Utilizaram-se placas de Petri contendo 25 sementes de plantas infestantes que foram umedecidas com extrato da parte aérea dos genótipos de aveia. As variáveis observadas foram: percentual de germinação, comprimento de radícula e de hipocótilo, avaliados aos 14 dias após a instalação do experimento. Os extratos aquosos das cultivares de aveia branca e preta inibiram o potencial alelopático sobre a germinação e o desenvolvimento das plantas daninhas testadas, e os genótipos de aveia branca 'IPR 126', 'UTF Iguaçu' e 'Fundacep FAPA 43' e de aveia preta 'UPFA 21 Moreninha' e 'UTG 9715' foram mais efetivos na inibição da germinação e no desenvolvimento do azevém e amendoim-bravo.

Keywords : Alelopatia; Avena sativa L.; Avena strigosa Schreb.; Lolium multiflorum Lam; Euphorbia heterophylla L.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese