SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.70 issue3Verification of the adaptability and stability of carrot populations by AMMI, GGE Biplot and REML/BLUP methodsResistance to late leafspot in F4 populations selected from crosses between the cultivated peanut and an Arachis amphydiploid author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Bragantia

Print version ISSN 0006-8705

Abstract

WEILER, Roberto Luis et al. Caracterização morfológica, determinação do nível de ploidia e viabilidade do pólen de uma progênie de tangerineira 'Clementina Fina' e 'Montenegrina'. Bragantia [online]. 2011, vol.70, n.3, pp. 502-511.  Epub Sep 09, 2011. ISSN 0006-8705.  http://dx.doi.org/10.1590/S0006-87052011005000005.

As plantas cítricas possuem ampla variação morfológica e citogenética. Neste contexto, análises dessas plantas podem auxiliar na identificação de materiais mais promissores para cruzamentos. Uma população de tangerineiras híbridas oriundas do cruzamento das tangerineiras 'Clementina Fina' (Citrus clementina Hort. ex Tan.) e 'Montenegrina' (Citrus deliciosa Ten.) foi avaliada segundo características morfológicas, época de maturação, número cromossômico e viabilidade de pólen. Foi possível distinguir as 94 plantas da progênie e os genitores através dos dados morfológicos. Verificou-se uma alteração no período de maturação dos frutos nas plantas híbridas. Todas as plantas avaliadas são diplóides com um número cromossômico de 2n=18, bem como, alto grau de viabilidade de pólen, variando entre 79,0% e 98,1%.

Keywords : Citrus; marcadores morfológicos; número cromossômico; viabilidade do pólen.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese