SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.70 issue3Agronomic performance of sunflower crop in the Southeastern region of Paraná, BrazilPostharvest damages in guavas from the Midwest region of the State of São Paulo author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Bragantia

Print version ISSN 0006-8705

Abstract

AGUIAR, Eduardo Barreto et al. Efeito da densidade populacional e época de colheita na produção de raízes de mandioca de mesa . Bragantia [online]. 2011, vol.70, n.3, pp. 561-569.  Epub Sep 30, 2011. ISSN 0006-8705.  http://dx.doi.org/10.1590/S0006-87052011000300011.

Em cultivos tradicionais de mandioca de mesa (Manihot esculenta Crantz), bons rendimentos quanto à produção e qualidade das raízes, são obtidos a partir de oito a dez meses após o plantio. Plantas submetidas à menor competição resultam em maior produção de raízes. O objetivo deste trabalho foi avaliar a densidade populacional como instrumento para a produção precoce de raízes comerciais. O experimento foi desenvolvido no ano agrícola de 2001/2002, utilizando-se a cultivar IAC 576-70, em sete densidades populacionais variáveis de 5.000 e 20.000 plantas ha-1, com colheitas aos seis, oito, dez, doze, quatorze e dezesseis meses após o plantio. Obteve-se a produtividade máxima de 26,8 t ha-1 de raízes aos 16 meses, estimada por regressão na densidade de 20.000 plantas ha-1. No entanto, as maiores produções de raízes comerciais ocorrem nas menores densidades populacionais, para todas as épocas de colheita estudadas, devido à menor taxa de descarte de raízes que se observa nas baixas populações. Nas colheitas precoces, aos seis e oito meses, observaram-se as produções comerciais estimadas de, respectivamente, 5,9 e 11,1 t ha-1 com 5.000 plantas ha-1, e 5,0 e 7,2 t ha-1 com 20.000 plantas ha-1. Esses resultados demonstram que, baixas densidades populacionais em mandioca de mesa possibilitam colheitas precoces, aos 6, 8 e 10 meses após o plantio, com bons rendimentos comerciais de raízes.

Keywords : Espaçamento; precocidade; práticas culturais.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese