SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.70 issue3Sampling for diagnosis of nutritional status and assessment of fertility in starfruit orchardsPre-cooling for the conservation of Cantaloupe 'Hy Mark' melons author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Bragantia

Print version ISSN 0006-8705

Abstract

ARRUDA, Maria Cecília de et al. Atmosfera modificada em laranja 'Pêra' minimamente processada. Bragantia [online]. 2011, vol.70, n.3, pp. 664-671. ISSN 0006-8705.  http://dx.doi.org/10.1590/S0006-87052011000300023.

Este trabalho teve como objetivo determinar a influência da embalagem com atmosfera modificada na manutenção da qualidade de laranja 'Pêra' minimamente processada armazenada sob refrigeração. As laranjas descascadas foram acondicionadas em filme de polipropileno de 32 µm sob atmosfera modificada passiva ou ativa (5% O2 + 10% CO2; balanço N2). Laranjas acondicionadas em bandeja de poliestireno expandido revestida com filme de cloreto de polivinila de 20 µm foram utilizadas como controle. O armazenamento dos frutos minimamente processados foi realizado a 6 ± 1 ºC e a 12 ± 1 ºC. Periodicamente, foram realizadas análises químicas, sensoriais e microbiológicas. Foram determinados também os teores de etanol e acetaldeído e a atividade da enzima peroxidase. As variáveis químicas determinadas não foram afetadas pelos tratamentos. Houve apenas efeito do tempo de armazenamento nos teores de sólidos solúveis, os quais se reduziram aproximadamente 10% ao longo do armazenamento. Os níveis de contaminação microbiológica foram baixos, não diferindo entre os tratamentos. Houve acúmulo de acetaldeído e etanol em função da modificação da atmosfera, não prejudicando, no entanto, o aroma e o sabor dos frutos, que se mantiveram aceitáveis até o final do armazenamento, assim como a aparência. A atividade da peroxidase foi baixa, sem influência dos tratamentos. A embalagem de PVC foi tão eficiente quanto à embalagem de polipropileno sob atmosfera modificada passiva ou ativa, dentro do período avaliado, permitindo a conservação das laranjas por até nove dias a 12 ºC e até 12 dias a 6 ºC.

Keywords : Citrus sinensis; atmosfera modificada; refrigeração; temperatura de armazenamento; processamento mínimo; conservação.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese