SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.70 número4Soybean pure lines genetic values predicted by using the Papadakis methodHeterosis and its components in F2 populations of maize hybrids índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Bragantia

versión impresa ISSN 0006-8705

Resumen

CAICEDO, Daniel Rodríguez; LOPEZ, Carlos Eduardo Ñustez; TORRES, Jose Miguel Cotes  y  MOLANO, Luis Ernesto Rodríguez. Herdabilidade do conteúdo de proteína total em batata diplóide Solanum tuberosum grupo Phureja. Bragantia [online]. 2011, vol.70, n.4, pp. 759-766. ISSN 0006-8705.  http://dx.doi.org/10.1590/S0006-87052011000400005.

Nos últimos anos, pesquisas básicas de genética que ajudem no estabelecimento de programas de melhoramento de plantas visando à qualidade nutricional da batata têm tido muita importância. Solanum tuberosum Grupo Phureja é uma espécie que tem potencialidade para a exportação, além de características superiores quando comparadas com espécies de outros grupos. Nesta pesquisa, obteve-se a estimativa da herdabilidade do conteúdo de proteína em batatas nativas da Colômbia por quatro métodos: componentes da variância através do ANAVA, regressão pai-progênie, máxima verossimilhança restrita e estimação bayesiana. O teor de proteína total foi avaliado em 103 famílias de irmãos maternos. Para este fim, determinou-se o nitrogênio total pelo método Kjeldahl e foi utilizado o fator de conversão em proteína. Por meio destes métodos obtiveram-se estimativas de 0,35, 0,28, 0,40 e 0,41 respectivamente. Tendo em conta estas estimativas e uma pressão de seleção moderada (20%) é possível obter ganhos genéticos na porcentagem de proteína de batata entre 0,55% e 0,78% por ciclo de seleção.

Palabras llave : batata nativa; inferência bayesiana; regressão pai-progênie; ganho genético.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español     · pdf en Español