SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.71 issue2Characterisation of AC1: a naturally decaffeinated coffeeEnvironmental influence in common bean cultivars grown in Brazilian savannah with low altitude author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Bragantia

Print version ISSN 0006-8705

Abstract

RUFINO, Elcio Rodrigo et al. Seleção de novos clones de quimiotipo linalol em Lippia alba oriundos de recombinação genética. Bragantia [online]. 2012, vol.71, n.2, pp.155-164.  Epub July 19, 2012. ISSN 0006-8705.  http://dx.doi.org/10.1590/S0006-87052012005000019.

A espécie Lippia alba, aromática e medicinal, é nativa da América do Sul (Mata Atlântica) e possui muito vigor e rusticidade. Por ser espécie alógama e autoincompatível, as populações naturais possuem elevada variabilidade morfológica e química. O presente trabalho teve por objetivo realizar uma triagem prévia para identificação de novos clones promissores, oriundos de uma população-base inédita (recombinante) de Lippia alba quanto às características agronômicas e fitoquímicas, tendo como modelo o óleo ou quimiotipo linalol. Como controles, utilizaram-se os dois melhores clones linalol, obtidos por coleta. As características avaliadas foram: massa seca de folhas (MSF), rendimento de óleo (RD%), produção de óleo por planta em g (PO) e porcentagem de linalol (LN%). Foram avaliados 40 clones de quimiotipo linalol em três experimentos em delineamento de blocos ao acaso com quatro repetições e quatro estacas (clones) por parcela. Todos os dados foram obtidos com médias por planta. As médias foram testadas por Scott e Knott a 5% de probabilidade. Para auxiliar na seleção prévia de clones também foi empregada a análise multivariada. Houve correlações positivas moderadas a fortes para MSF x RD%, PO x RD% and MSF x PO. Para as características MSF, RD%, PO e LN% (análises univariadas) identificaram-se clones linalol superiores e semelhantes aos dois controles visando às experimentações posteriores de validação. Na análise de agrupamentos (UPGMA) foram definidos cinco grupos distintos e cada um deles também com subgrupos.

Keywords : Verbenaceae; óleo linalol; divergência genética; seleção de clones; melhoramento de plantas.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License