SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 issue59Memories and Stories from the Neapolitan Chord and its Functions in Certain Songs of Popular Music in BrazilModernist Concision in the Villa-Lobos's Seresta nº 9 (Abril) author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista do Instituto de Estudos Brasileiros

On-line version ISSN 2316-901X

Abstract

FERRETTI, Mundicarmo. Brinquedo de Cura em terreiro de Mina. Rev. Inst. Estud. Bras. [online]. 2014, n.59, pp.57-78. ISSN 2316-901X.  http://dx.doi.org/10.11606/issn.2316-901X.v0i59p57-78.

A pajelança de negros, mais conhecida por Cura ou Pajé, é encontrada no Maranhão desde o século XIX entre a população negra. É encontrada atualmente em muitos terreiros da capital onde, interagindo com o Tambor de Mina (religião de matriz africana tradicional) e com a Umbanda (religião afro-brasileira difundida no Maranhão a partir da década de 1930), assume formas diversas. A Cura é muito procurada por pessoas que buscam a proteção de encantados e que acreditam no seu poder para desmanchar feitiços e curar diversas enfermidades. No Brinquedo de Cura - ritual público onde o pajé ou curador entra em transe com grande número de entidades espirituais -, o canto, realizado em português, estimula a participação da assistência batendo palma e, algumas vezes, tocando matraca ou dando alguns passos de dança. O repertório musical da Cura é muito rico e inclui cantigas transmitidas de geração em geração e outras que vão sendo "inspiradas" aos pajés ou que são "ensinadas pelos encantados" durante os rituais.

Keywords : Cura/Pajelança; Tambor de Mina; Pajelança de negro; Brinquedo de Cura; Cantiga de pajé.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )