SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número59A concisão modernista da Seresta nº 9 (Abril) de Villa-LobosArquitetura da tensão em tempos de repressão uma interpretação do samba "Roendo as unhas", de Paulinho da Viola índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista do Instituto de Estudos Brasileiros

versão On-line ISSN 2316-901X

Resumo

REZENDE, Gabriel S. S. Lima  e  SANTOS, Rafael dos. "Bonita" natureza e romantismo, forma e canção em Tom Jobim. Rev. Inst. Estud. Bras. [online]. 2014, n.59, pp.97-128. ISSN 2316-901X.  https://doi.org/10.11606/issn.2316-901X.v0i59p97-128.

Neste artigo se discute o papel que a natureza cumpre em dois âmbitos distintos da trajetória de Tom Jobim. Partindo do mais explícito, o ecológico, aborda-se a questão que gira em torno da erosão da natureza pela ação do homem e da busca por uma experiência integradora. Essa discussão abre as portas para o problema central do artigo, situado no âmbito menos evidente da produção estética: delimitar e analisar o papel que a natureza cumpre na elaboração formal da canção "Bonita". A análise é mediada por considerações sobre certas transformações ocorridas na esfera da produção de música popular no Brasil na década de 1950, e alinhavada pela discussão a respeito da incorporação de aspectos do romantismo no pensamento e na obra de Jobim. Por fim, apresenta-se uma problematização que coloca em relação os dois âmbitos de sua trajetória que foram comentados: ecologia e estética3 .

Palavras-chave : Bonita; Tom Jobim; Natureza; forma e canção; romantismo.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )