SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número69Reativar a feitiçaria e outras receitas de resistência - pensando com Isabelle StengersD’a terra devastada à tempestade: José Paulo Moreira da Fonseca e a recepção poética de Eliot na lírica brasileira dos anos 1950 índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista do Instituto de Estudos Brasileiros

versão impressa ISSN 0020-3874versão On-line ISSN 2316-901X

Resumo

YUN, Kusuk. O papel do exotismo na arte contemporânea internacional na era da globalização - um estudo empírico das revistas internacionais de arte de 1971 a 2010. Rev. Inst. Estud. Bras. [online]. 2018, n.69, pp.362-388. ISSN 2316-901X.  http://dx.doi.org/10.11606/issn.2316-901x.v0i69p362-388.

Na era da globalização, a visibilidade dos artistas não ocidentais tornou-se cada vez mais importante. Ao tentar melhorar a diversidade global e o relativismo cultural, surgiu uma forma cultural autêntica. Como resultado, os artistas periféricos podem ser tentados a representar a própria identidade cultural como um novo valor estético, mas através de uma imagem estereotipada adaptada ao gosto ocidental. Através do estudo de artigos sobre artistas japoneses, chineses e coreanos publicados em revistas internacionais de arte, analisaremos o crescimento de sua visibilidade e o desenvolvimento de clichês e estereótipos em relação a eles. Pretendemos descobrir se o sentimento de exotismo gerado pelos meios de comunicação de massa, através da transmissão de imagens estereotipadas, desempenha um papel importante na determinação da visibilidade dos países não ocidentais na arte contemporânea internacional.

Palavras-chave : Globalização; internacionalismo; território; exotismo; critério estético..

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )