SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.77 issue1Physical growth of 5 to 10 year-old Xavante children in the state of Mato Grosso, BrazilSudden infant death syndrome: clinical aspects of an underdiagnosed disease author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557

Abstract

LOURO, Paulo M. et al. Doença periodontal na gravidez e baixo peso ao nascer. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2001, vol.77, n.1, pp. 23-28. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572001000100008.

Justificativa: Sabe-se, de longa data, que infecções dento-gengivais podem ter repercussões orgânicas a distância. Recentemente, foi sugerido que a doença periodontal na gravidez seja uma causa determinante de baixo peso ao nascer. Objetivo: Avaliar a influência da doença periodontal na gravidez sobre o peso de nascimento dos recém-nascidos. Pacientes e Métodos: Mães de recém-nascidos (RNs) com peso < 2500 gramas foram selecionadas na forma de amostra de conveniência (Grupo I - GI; n=13). Para cada mãe do GI, era selecionada, como controle, a mãe do próximo recém-nascido (RN) a termo, com peso > 2500 g (Grupo II - GII; n=13). As mães eram examinadas por um periodontista não informado do peso da criança, o qual utilizou uma sonda milimetrada para medir a perda de inserção do osso alveolar. Os índices de extensão (IE) e severidade (IS) da doença periodontal foram determinados usando-se as fórmulas descritas por Carlos et al. Resultados: Ambos os grupos de mães eram similares no que se refere a idade, paridade, raça, estatura, nutrição, tabagismo, uso de álcool, situação socioeconômica, pré-natal, rotura prematura de membranas, corioamnionite, bacteriúria, placenta prévia, descolamento de placenta, hipertensão prévia, pré-eclampsia e cardiopatia. As características dos recém-nascidos eram as seguintes: peso ao nascer - GI = 1804+675 g x GII = 3030 ± 516 g; idade gestacional (DUM) - GI = 33 ± 5 sem. x GII = 39 ± 2 sem.; tempo em UTI - GI = 128 dias x GII = 0 dias. O IE médio foi de GI = 89,788 ± 18,355 x GII = 72,420 ± 20,717; P =0,033. O IS médio foi de GI = 1,377 ± 0,626 x GII = 0,754 ± 0,413; (“Odds ratio” - OR = 18,3; IC95%: 2,5 a 133,3; P =0,006). Após ajuste para diversos fatores de risco para baixo peso incluindo fumo, estatura materna, bacteriúria e hipertensão prévia, o OR do IS caiu para 7,2 (0,4 a 125,4; P =0,176). Conclusões: A análise multivariada mostrou uma forte associação entre doença periodontal, marcada pelo escore IS, e baixo peso ao nascer. Os dados sugerem a possibilidade de que a doença periodontal na gravidez seja um fator de risco para o nascimento com baixo peso.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese