SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.77 issue2The effect of recombinant human erythropoietin on the treatment of anemia of prematurityAssociation between gastroesophageal reflux and dips in the oxygen transcutaneous saturation of the hemoglobin in infants with chronic obstructive ventilatory disease author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557

Abstract

RESENER, Tânia D.; MARTINEZ, Francisco E.; REITER, Karl  and  NICOLAI, Thomas. Assistência ventilatória domiciliar em crianças: descrição de um programa. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2001, vol.77, n.2, pp. 84-88. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572001000200006.

OBJETIVO: o número de pacientes pediátricos dependentes de suporte ventilatório vem aumentando de maneira relevante nas últimas décadas. Essas crianças permanecem por longos períodos internadas, freqüentemente em unidades de terapia intensiva. Para minimizar as hospitalizações, tem sido dada ênfase à continuação da terapia ventilatória no domicílio. No presente trabalho descreve-se um programa de assistência ventilatória domiciliar desenvolvido na Alemanha, visando antever a possibilidade de adaptação à nossa realidade. CASUÍSTICA E METODOLOGIA: avaliou-se o programa de assistência ventilatória domiciliar da UTI-Pediátrica do Dr. von Haunersches Kinderklinik - Ludwig-Maximilians-Universität-München (Munique, Alemanha) no período entre abril de 1997 e junho de 1998. RESULTADOS: o referido programa dá suporte a pacientes com idades entre 1 e 21 anos, sendo 11 do sexo masculino e 15 do feminino. Dos 26 pacientes, 15 apresentavam patologias neuromusculares, oito problemas ventilatórios de causa central e três doenças pulmonares obstrutivas. Doze crianças (46,2%) eram ventiladas através de técnicas não-invasivas e 19 (73,1%) necessitavam apenas de suporte ventilatório intermitente. CONCLUSÃO: o programa tem uma equipe multidisciplinar permanentemente responsável pelo tratamento de intercorrências. Os pacientes, em períodos pré-determinados, são submetidos a reavaliações da evolução da insuficiência respiratória. Essa organização do sistema faz com que paciente e familiares sintam-se seguros e é responsável pelo êxito do programa de assistência ventilatória no domicílio. Existe a necessidade de um grande esforço organizacional antes que possamos instituir programas semelhantes no Brasil.

Keywords : respiração artificial; insuficiência respiratória; pneumopatias.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese