SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.77 issue4Human colostrum: a natural source of probiotics? author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557

Abstract

MELLO, Paulo Roberto Bezerra de; PINTO, Gilberto Rodrigues  and  BOTELHO, Clovis. Influência do tabagismo na fertilidade, gestação e lactação. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2001, vol.77, n.4, pp. 257-264. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572001000400006.

OBJETIVOS: descrever a influência do tabagismo nas diferentes fases do processo reprodutivo, fecundação, gestação e lactação, destacando os mecanismos de ação dos principais componentes tóxicos do cigarro nestas fases. Sugerir medidas profiláticas de controle ambiental e de como reduzir a exposição da criança à fumaça do tabaco. MÉTODOS: revisão bibliográfica não sistemática sobre os temas abordados, utilizando-se da base de dados do MEDLINE. RESULTADOS: o tabagismo atua negativamente nas diferentes fases da reprodução, por ação direta de seus principais componentes tóxicos, a nicotina e o monóxido de carbono. Reduz a taxa de fertilidade, compromete a duração da gestação e o peso do concepto. Também diminui a produção de leite da nutriz fumante e o tempo de lactação, comprometendo o ganho de peso da prole, por mecanismos ainda não bem compreendidos, nos quais a prolactina pode estar envolvida. CONCLUSÕES: os efeitos do tabagismo comprometem a qualidade da função reprodutiva em diferentes fases, por atuar principalmente sobre o desenvolvimento do concepto, tanto na fase intra quanto na fase extra-uterino. Por ser um período de contato mais freqüente da mulher fumante com o profissional de saúde, a gestação e a lactação deveriam ser alvo especial de campanhas antitabágicas.

Keywords : tabagismo; fertilidade; gestação; lactação; aleitamento materno.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese