SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.77 issue5Differences between the nutritional status of children in public preschools and nutritional transitionEffects of cisapride and chest physical therapy on the gastroesophageal reflux of wheezing babies based on scintigraphy author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557

Abstract

TAKEMURA, Nádia S.  and  ANDRADE, Selma M.de. Meningite por Haemophilus influenzae tipo b em cidades do estado do Paraná, Brasil. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2001, vol.77, n.5, pp. 387-392. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572001000500009.

OBJETIVO: no segundo semestre de 1996, os municípios de Londrina e Curitiba (Paraná) iniciaram a vacinação contra Haemophilus influenzae b (Hib), aproximadamente trinta meses antes de sua introdução no Programa Nacional de Imunização. O presente trabalho objetivou avaliar a incidência da meningite por Hib, entre crianças, em Londrina, Curitiba e nos demais municípios do estado do Paraná, antes e após a introdução da vacina nessas duas cidades. MÉTODOS: foi realizado um estudo observacional retrospectivo de todos os casos de meningite por Hib, entre menores de 5 anos, diagnosticados pelo sistema de vigilância epidemiológica de Londrina e pela Secretaria de Estado da Saúde do Paraná, de 1992 a 1999. Taxas de incidência da meningite por Hib foram calculadas por 100.000 menores de cinco anos. RESULTADOS: comparando com o período anterior à vacinação, houve redução importante do coeficiente de incidência da meningite por Hib em Londrina, passando de 23,91, em 1996, para 2,79 por 100.000 menores de cinco anos, em 1999. Redução semelhante foi observada em Curitiba, enquanto nos demais municípios do Paraná, que não dispunham da vacina até meados de 1999, o coeficiente se manteve praticamente inalterado. CONCLUSÃO: a vacinação contra Hib foi efetiva na redução da incidência da meningite entre menores de cinco anos em Londrina e Curitiba. Para a manutenção dessa baixa incidência devem ser garantidas adequada cobertura vacinal e boa qualidade do serviço de vigilância epidemiológica.

Keywords : meningite por Haemophilus; Haemophilus influenzae tipo b; vacinas anti-Haemophilus; vigilância epidemiológica.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese