SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.77 issue6Evaluation of mothers' knowledge about oral rehydration therapy and sodium concentration in homemade sugar salt solutionsSearch of antimeasles antibodies in HIV-infected children after basic immunization author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557

Abstract

FELICIANO, Katia V. de O.  and  KOVACS, Maria Helena. Concepções maternas sobre a diarréia infantil. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2001, vol.77, n.6, pp. 487-495. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572001000600012.

OBJETIVO: conhecer as concepções maternas sobre a diarréia infantil, estimulando a reflexão sobre a importância da comunicação entre as mães e os serviços de saúde. MÉTODOS: inquérito realizado em áreas selecionadas, localizadas em seis municípios de Pernambuco, participantes do projeto de implementação das ações de controle da diarréia, coordenado pela Secretaria Estadual de Saúde. As informações foram obtidas através de entrevistas com 770 mães, perfazendo uma amostra representativa de 1.026 crianças menores de cinco anos. RESULTADOS: as mães, em geral, relacionam a ocorrência da diarréia com os alimentos (gordurosos, mal cozidos). Aquelas com maior escolaridade, independentemente do local de residência, valorizam as condições higiênicas e sanitárias; as analfabetas e com menor escolaridade, na Região Metropolitana do Recife, as condições "quentes" e, no interior, a dentição. Cerca de 24,2% (63,4% residentes no interior) não sabem como evitar a doença. As duas medidas preventivas mais citadas são ingerir água tratada e cozinhar bem os alimentos; apenas 0,5% mencionam a amamentação. O número de filhos vivos e a idade da criança influenciam as concepções maternas. As principais fontes de informação sobre a prevenção da diarréia são a rede de apoio (45,5%), o setor saúde (35,9%) e os meios de comunicação (33,2%). CONCLUSÕES: a pequena participação do setor saúde na rede de informação sobre a diarréia, a desinformação e o profundo desacordo entre muitas das concepções maternas e os conhecimentos técnicos que fundamentam as práticas institucionais evidenciam que, na atenção à criança, é fundamental valorizar a dimensão comunicativa do trabalho educativo.

Keywords : diarréia infantil; conhecimentos; atitudes e prática; cuidados da criança.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese