SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.77 issue6Clinical aspects and complete blood counts in children exposed to HIV-1: comparison between infected patients and serorevertersRenal arterial thrombosis and the antiphospholipid antibody syndrome: a case report author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557

Abstract

ALBANO, Renata Doratioto  and  SOUZA, Sônia Buongermino de. Ingestão de energia e nutrientes por adolescentes de uma escola pública. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2001, vol.77, n.6, pp. 512-516. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572001000600015.

OBJETIVO: avaliar o consumo médio alimentar de energia, de proteína, de cálcio, de ferro, e de vitaminas A e C de adolescentes. MÉTODOS: estudo transversal em uma escola pública de ensino fundamental e médio, no município de São Paulo, com 92 alunos, de ambos os sexos, entre 11 e 17 anos, do ensino fundamental, em 1998. A amostra foi selecionada utilizando-se um procedimento sistemático, com intervalo 2, de acordo com a série e sexo. Os dados de consumo alimentar foram coletados através do recordatório de 24 horas e comparados com as recomendações preconizadas pelo National Research Council de 1989. RESULTADOS: os consumos médios de energia, de proteínas e de vitamina C, para ambos os sexos, ultrapassaram a recomendação. O consumo médio de ferro para o sexo masculino ultrapassou a recomendação e, para o feminino, atingiu mais que 80%. O consumo médio de cálcio para o sexo masculino atingiu menos que 70% da recomendação e para o feminino, menos que 50%. CONCLUSÕES: pode-se concluir que os principais problemas detectados foram o baixo consumo médio de cálcio e elevado consumo de energia.

Keywords : adolescente; nutrição do adolescente; consumo de alimentos.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese