SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.77 issue6Nutrient and energy intake in adolescents from a public schoolDevic disease: a case report author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557

Abstract

MACEDO, Célia S.; MARTINEZ, Roberta S.; RIYUZO, Márcia C.  and  BASTOS, Herculano D.. Trombose da artéria renal e síndrome do anticorpo antifosfolípide: um relato de caso. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2001, vol.77, n.6, pp. 517-520. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572001000600016.

OBJETIVO: descrever um caso clínico raro na infância, com achados clínicos da síndrome do anticorpo antifosfolípide. DESCRIÇÃO: criança, sexo masculino, com 2 anos e 6 meses de idade, com insuficiência renal, trombose da artéria renal e diagnóstico de síndrome do anticorpo antifosfolípide, foi internada com dor abdominal, palidez, letargia e anúria há 36 horas. Ao exame físico, apresentava-se desnutrida, com hipertensão arterial severa, edema moderado e dor em hipocôndrio. Os achados laboratoriais incluíram: uréia=112mg/dl; creatinina plasmática=4,5 mg/dl; pH sangüíneo=7,47; bicarbonato sangüíneo=12,8 mmol/L; K=7,2 mEq/L. A diálise peritoneal foi iniciada e mantida por 11 dias. Após 7 semanas de evolução, o paciente ainda necessitava de droga anti-hipertensiva e a função renal estava anormal. A biópsia renal revelou infarto renal anêmico; ultra-sonografia renal com doppler, fluxo sangüíneo renal ausente no lado direito, e a arteriografia mostrou oclusão total da artéria renal direita. A pesquisa de doenças do colágeno foi negativa. Foi realizada nefrectomia à direita obtendo-se normalização da pressão arterial. Aos 5 anos e 8 meses, foi novamente hospitalizada com quadro de crises de ausência e dores abdominais e precordiais. A dosagem do anticorpo anticardiolipina foi positiva. Atualmente aos 7 anos, está em seguimento ambulatorial, assintomática e com dosagens negativas do anticorpo anticardiolipina. COMENTÁRIOS: as observações deste caso mostram que crianças com quadro de trombose arterial, mesmo na ausência de doenças do colágeno, devem ser investigadas para uma possível associação com a síndrome do anticorpo antifosfolípide.

Keywords : anticorpos de anticardiolipina; doenças do colágeno; nefrectomia; diálise peritoneal.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese