SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.78 issue1Etiology and evolution of bacterial meningitis in a pediatric centerEffects of early malnutrition and nutritional rehabilitation in rats author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557

Abstract

SOUZA, Eloisa C. et al. Perfil etiológico das diarréias agudas de crianças atendidas em São Paulo. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2002, vol.78, n.1, pp. 31-38. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572002000100008.

Objetivo: determinar o perfil etiológico das diarréias agudas de um grupo de crianças de baixo nível socioeconômico atendidas em um serviço regional de pronto-atendimento pediátrico. Método: durante dois anos, as crianças com diarréia aguda atendidas durante um horário pré-estabelecido do dia e da semana foram incluídas no estudo. Os outros critérios seletivos eram: a) idade inferior a 5 anos; b) não utilização de antibiótico no mês precedente; c) ausência de viagem para fora da cidade no mês precedente. Foram pesquisados nas fezes: a) rotavírus (imunofluorescência e contra-imunoeletroforese); b) bactérias - cultura em ágar MacConkey, ágar SS, ágar Columbia, verde brilhante, soroaglutinação, detecção de toxinas - INV, LT,ST,SLT I, SLT II, teste de Séreny, detecção de fatores de virulência -- EAF, eae ,BFP; c) protozoários (Hoffman e Faust). No mesmo período, um grupo controle sem diarréia foi também avaliado para os mesmos patógenos fecais. Resultados: no período de março de 1994 a junho de 1996, foram selecionadas para o estudo 154 crianças com diarréia aguda (GDA) e 42 crianças sem diarréia (GSDA). Foram detectados agentes enteropatogênicos em 112 casos (72,8%) do GDA, e em 9 (21,5%) do GSDA. A associação de dois ou mais enteropatógenos ocorreu em 47 (30,5%) casos do GDA, e em 3 (7,1%) do GSDA. Os patógenos encontrados por caso, do GDA, foram: rotavírus 32 (20,8%), bactérias 53 (34,4%), ambos 25 (16,2%), e 2 (1,4%) com Giardia lamblia (em um caso associada a rotavírus e noutro à bactéria). No GSDA, foram detectadas bactérias em 8 casos (19,1%), e bactéria associada à Giardia lamblia em 1 (2,4%) caso. Das 105 bactérias isoladas no GDA, 90 eram Escherichia coli (EPEC 27, DAEC 24, ETEC 21, EAEC 18), 12 eram Shigella sp, 2 eram Salmonella sp, e uma era Yersinia sp. As crianças com infecção mista - viral e bacteriana - apresentaram maior ocorrência de vômitos repetidos, desidratação e internação.Conclusões: as bactérias foram os enteropatógenos mais detectados nos casos de diarréia aguda, sendo a Escherichia coli a mais freqüente. Na maior parte, as cepas de Escherichia coli eram de biovariedade não-EPEC, habitualmente não investigadas nos laboratórios de patologia clínica. O rotavírus foi encontrado em grande parcela dos casos, muitas vezes em associação com as bactérias. Os protozoários tiveram importância reduzida.

Keywords : diarréia; vírus; bactéria; protozoários.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese