SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.78 issue1Effects of early malnutrition and nutritional rehabilitation in ratsAnemia in children under 3 years of age in public day care centers author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557

Abstract

CAMARGOS, Paulo A.M.  and  QUEIROZ, Mônica V.N.P.. Pico do fluxo expiratório na avaliação da função pulmonar na fibrose cística. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2002, vol.78, n.1, pp. 45-49. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572002000100010.

Objetivo: avaliar o valor do pico de fluxo expiratório, obtido através de medidores portáteis, como método alternativo de acompanhamento da função pulmonar na fibrose cística. Métodos: quarenta e nove pacientes, de 5 a 19 anos, clinicamente estáveis e aptos a realizar a manobra para obtenção do pico do fluxo foram incluídos no estudo. Na mesma visita, pontuou-se o escore de Shwachman-Kulczycki e registrou-se o valor do pico do fluxo expiratório. Analisou-se a correlação entre esses dois parâmetros pela regressão linear, com nível de significância de P = 0,05. Resultados: obteve-se uma correlação discreta, mas estatisticamente significante, entre os valores absolutos e percentuais desse parâmetro funcional com o escore clínico-radiológico (r = 0,31, P = 0,02 e r = 0,30, P = 0,03, respectivamente). Conclusões: conclui-se que a significância estatística observada não corresponde necessariamente a uma relevância clínica e, portanto, a função pulmonar na fibrose cística deve ser avaliada pela espirometria convencional.

Keywords : pico do fluxo expiratório; fibrose cística; mucoviscidose.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese