SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.78 issue2Nasopharyngeal isolates of S. pneumoniae from healthy carriers and children with pneumonia: colonization rates and antimicrobial susceptibilityVisceral leishmaniasis: clinical and laboratorial aspects author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557

Abstract

ALVES, Gildney Maria dos Santos; MORAIS, Mauro Batista de  and  FAGUNDES-NETO, Ulysses. Estado nutricional e teste do hidrogênio no ar expirado com lactose e lactulose em crianças indígenas terenas. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2002, vol.78, n.2, pp. 113-119. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572002000200009.

Objetivo: avaliar o estado nutricional, a absorção e a tolerância à lactose e a ocorrência de sobrecrescimento bacteriano no intestino delgado.Métodos: estudo transversal envolvendo todas as 264 crianças índias Terenas, menores de 10 anos, das aldeias Limão Verde e Córrego Seco, em Aquidauana (MS). O estado nutricional foi avaliado pelo peso e pela estatura, relacionados com a referência do NCHS. Após a ingestão de 18 gramas de lactose, foi avaliada sua absorção, pelo teste do hidrogênio no ar expirado, e a tolerância de acordo com o aparecimento de manifestações clínicas. Sobrecrescimento bacteriano no intestino delgado foi avaliado com o teste do hidrogênio no ar expirado após a administração de lactulose (5g). Resultados: a mediana dos escores Z do peso-idade, peso-estatura e estatura-idade para as crianças com idade inferior a 12 meses (n=34) foram, respectivamente: -0,66, +0,60 e -0,85. Entre 1 e 5 anos (n=111) foram, respectivamente: -0,50, +0,28 e -1,17. Entre os 5 e 10 anos (n=119), estes valores foram, respectivamente: -0,09, +0,50 e -0,60. Após os 4 anos (n=197), absorção deficiente e má absorção de lactose foi observada em 89,3% das 197 crianças avaliadas. Intolerância à lactose foi observada em 37,1% destas 197 crianças. Sobrecrescimento bacteriano no intestino delgado foi caracterizado em 11,5% das crianças índias terenas (n=252).Conclusões: a prevalência de desnutrição atual foi baixa, mas a mediana de estatura para idade foi inferior à referência do NCHS. Prevalência de deficiência ontogenética de lactase é elevada. Sobrecrescimento bacteriano sugere a existência de enteropatia ambiental assintomática nas crianças índias terenas.

Keywords : estado nutricional; lactose; lactulose; testes respiratórios; índios sul-americanos; sobrescimento bacteriano no intestino delgado.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese