SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.78 issue3Growth of small for gestational age preterm infantsVascular rings in childhood: diagnosis and treatment author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557

Abstract

HUNSCHE, Angela  and  MOLOSSI, Silvana. Perfil sérico da molécula de adesão intercelular-1 no pós-operatório cardíaco de lactentes submetidos à circulação extracorpórea. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2002, vol.78, n.3, pp. 237-243. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572002000300013.

Objetivos: mensurar os níveis séricos da molécula de adesão intercelular-1, solúvel em condições basais e após exposição ao circuito de circulação extracorpórea, em lactentes submetidos à cirurgia cardíaca para correção de defeitos cardíacos congênitos. Métodos: estudo de coorte contemporâneo envolvendo 21 lactentes submetidos à cirurgia cardíaca com uso de circulação extracorpórea. Foram medidos os níveis séricos da molécula de adesão intercelular-1, solúvel na indução anestésica, ao término e 8 e 26 horas após o término da circulação extracorpórea. As amostras foram dosadas através do método de ELISA. Resultados: as patologias cardíacas congênitas mais comuns foram defeito do septo atrioventricular e Tetralogia de Fallot. As médias de idade e de peso foram 6,6 meses e 5,8 quilos. As medianas dos tempos de circulação extracorpórea e de clampeamento da aorta foram, respectivamente, 87 e 53 minutos. Todos os lactentes utilizaram inotrópicos. As medianas dos tempos de intubação e de internação foram 72 horas e 21 dias. A taxa de mortalidade dos pacientes foi de 9,5%. Os níveis basais da molécula avaliada foram mais elevados do que aqueles considerados normais (p<0,0001). Seus níveis diminuíram significativamente ao término da circulação extracorpórea (p<0,001), voltando a aumentar significativamente 8 horas após o término desse período (p<0,005), sem, no entanto, alcançar os valores basais 26 horas depois. Conclusões: o nível sérico basal da molécula de adesão intercelular-1 solúvel é aumentado em lactentes com cardiopatias congênitas. Os níveis séricos desta molécula variam após exposição ao circuito de circulação extracorpórea, e apresentam um comportamento característico nesses pacientes.

Keywords : Moléculas de adesão; circulação extracorpórea; cirurgia cardíaca; lactentes.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese