SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.78 issue5Extracorporeal lithotripsy for the treatment of urolithiasis in childrenDiagnosis of subependymal cysts by brain ultrasound author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557

Abstract

PACZKO, Natália; ROTTA, Newra T.; SILVA, Alexandre  and  LEIRIA, Fernando. Hiperecogenicidade dos vasos talâmicos no recém-nascido prematuro. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2002, vol.78, n.5, pp. 371-374. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572002000500006.

Objetivo: o presente estudo procura avaliar as possíveis patologias que se manifestam associadas à hiperecogenicidade dos vasos talâmicos na ultra-sonografia cerebral, e observar a freqüência com que ocorrem. Métodos: a amostra foi constituída de 206 recém-nascidos prematuros, nascidos no Hospital de Clínicas de Porto Alegre, no período de julho de 1998 a maio de 1999. Todos realizaram a ultra-sonografia cerebral na primeira semana de vida. Foram incluídos no estudo aqueles prematuros que necessitaram de internação hospitalar, e que tiveram o termo de consentimento informado assinado por um dos responsáveis. Foram excluídos aqueles cuja ultra-sonografia cerebral evidenciava sangramento cerebral e/ou malformações congênitas associadas, e os que evoluíram para óbito antes da realização do exame. Resultados: a ultra-sonografia cerebral levou à identificação de 65 recém-nascidos prematuros com hiperecogenicidade dos vasos talâmicos e de 141 recém-nascidos prematuros sem. Conclusão: a forma de apresentação do tipo pélvica ao nascimento, a maior idade gestacional, o maior peso do recém-nascido ao nascimento e a classificação grande para a idade gestacional foram fatores de risco para a ocorrência de hiperecogenicidade dos vasos talâmicos, enquanto a presença de hipertensão materna durante o período de gestação tendeu a ser fator de proteção. Os recém-nascidos que apresentaram crises convulsivas durante o período de internação hospitalar tiveram risco 3,2 vezes maior de ter hiperecogenicidade dos vasos talâmicos, quando comparados aos que não apresentaram crises convulsivas.

Keywords : ultra-sonografia cerebral transfontanelar; prematuros; hiperecogenicidade dos vasos talâmicos.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese