SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.79 issue6Interobserver agreement in the radiological diagnosis of lower respiratory tract infections in childrenRetinol levels in human colostrum: influence of child, maternal and socioeconomic variables author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557On-line version ISSN 1678-4782

Abstract

SANTIAGO, Luciano B. et al. Incentivo ao aleitamento materno: a importância do pediatra com treinamento específico. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2003, vol.79, n.6, pp.504-512. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572003000600008.

OBJETIVOS: Investigar os fatores envolvidos na manutenção do aleitamento materno exclusivo em lactentes saudáveis nos primeiros quatro meses de vida, com ênfase na atuação do pediatra. MATERIAL E MÉTODOS: Foram seguidos longitudinalmente, no Ambulatório de Pediatria da Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro, Uberaba (MG), 101 lactentes saudáveis nascidos a termo, durante seus primeiros quatro meses de vida, distribuídos de forma aleatória em três grupos: G1, equipe multiprofissional de aleitamento materno; G2, pediatra com treinamento em aleitamento materno; e G3, pediatra sem treinamento em aleitamento materno. A aleatoriedade dos grupos foi confirmada por meio de análise de variância. Os fatores associados ao tipo de prática alimentar aos quatro meses foram avaliados pelo teste de qui-quadrado, bem como pelas análises de variância e multivariável. RESULTADOS: Constatou-se, de forma significativa, que ao final do seguimento os grupos 1 e 2 apresentaram-se com percentuais semelhantes em relação ao aleitamento materno exclusivo e superiores ao grupo 3 (p = 0,002). O uso de chupeta associou-se negativamente ao aleitamento materno exclusivo (p = 0,003). Constatou-se ainda que, quanto maior a escolaridade materna, maior a possibilidade de aleitamento materno exclusivo (p = 0,041). CONCLUSÕES: O pediatra altamente motivado para o incentivo ao aleitamento materno obteve resultados semelhantes aos de uma equipe multiprofissional de aleitamento materno no que diz respeito às taxas de amamentação em sua clientela, o que não foi observado quando o pediatra não apresentava essa motivação.

Keywords : Aleitamento materno; chupeta; escolaridade; pediatria; educação médica.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf epdf ) | Portuguese ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License