SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.80 issue2Immune response of preterm infants to hepatitis B vaccine administered within 24 hours after birthInfluence of type of delivery on A, G and M immunoglobulin concentration in maternal colostrum author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557

Abstract

COSTA, Paulo S. S. et al. Infecções e reinfecções por Rotavirus A: genotipagem e implicações vacinais. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2004, vol.80, n.2, pp. 119-122. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572004000200008.

OBJETIVOS: Identificar Rotavirus A em crianças com diarréia aguda, determinando os genótipos G e P prevalentes e avaliar a ocorrência de infecções e reinfecções por rotavírus do grupo A em crianças. MÉTODOS: Foram estudadas, prospectivamente, crianças com doença diarréica aguda e identificação de Rotavirus A em Goiânia (GO), durante o período de julho de 2000 a outubro de 2002. Igual número de crianças, pareadas por idade e sexo, que não apresentavam diarréia aguda e sem identificação de rotavírus nas amostras fecais à admissão ao estudo, representou o grupo controle. Foram analisadas a ocorrência de infecções ou reinfecções sintomáticas ou assintomáticas por rotavírus durante o período de estudo, durante um ano de seguimento em ambos os grupos. Todas as amostras positivas foram submetidas a genotipagem G e P através das reações de RT-PCR e Nested PCR. RESULTADOS: A infecção por rotavírus ocorreu em 37,2% (77 de 207 amostras fecais) das crianças com diarréia aguda durante o período do estudo. Os genótipos G e P identificados foram, simultaneamente: G1 (62,3%), G9 (34,4%) e G4 (3,3%) e P[8] (59%), P[6] (7,7%), P[6]+P[8] (23,1%), P[4]+P[8] (7,7%) e P[4]+P[6] (2,6%). As associações de genótipos G e P identificados durante o estudo foram: G1P[8] (77,8%), G9P[8] (11,1%), G4P[8] (5,6%) e G1P[6] (5,6%). Não houve reinfecção por rotavírus nos pacientes do grupo Rotavirus A (+) durante o período de seguimento, enquanto duas crianças do grupo controle apresentaram infecções sintomáticas por rotavírus durante o mesmo período. CONCLUSÕES: Os genótipos G e P predominantes correspondem aos das candidatas atuais à vacina contra rotavírus. Não houve reinfecção por rotavírus pelo período de um ano em relação a todos os genótipos identificados.

Keywords : Diarréia infantil; rotavírus; genótipo; seguimentos; estudos prospectivos.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese