SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.81 issue1Bronchial provocation tests using methacholine, cycle ergometer exercise and free running in children with intermittent asthmaEtiological assessment of hyperthyrotropinemia in children with Down's syndrome author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557

Abstract

REY, Luís C.; MARTINS, Ceci V.; RIBEIRO, Hildenia B.  and  LIMA, Aldo A. M.. Leishmaniose visceral americana (calazar) em crianças hospitalizadas de área endêmica. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2005, vol.81, n.1, pp. 73-78. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.2223/JPED.1286.

OBJETIVOS: Estudar os aspectos epidemiológicos e clínicos da leishmaniose visceral americana em crianças hospitalizadas do Ceará. MÉTODOS: Estudo retrospectivo e observacional de crianças com leishmaniose visceral americana admitidas no Hospital Infantil Albert Sabin, em Fortaleza. Os prontuários foram revistos sistematicamente. Os critérios de inclusão foram crianças com esfregaços positivos para Leishmania em aspirado de medula óssea ou de baço, ou teste de imunoensaio positivo para Leishmania sp. RESULTADOS: Entre janeiro de 1995 e dezembro de 2002, foram identificados 450 pacientes, perfazendo 9 a 27% dos casos de leishmaniose visceral americana notificados no Ceará no período, com picos de admissão em 1995 e 2000. A idade média foi de 4,4 anos (12% < 1 ano e 65% < 5 anos de idade). A relação masculino:feminino foi de 1,1 em geral e de 1,48 em < 5 anos (p = 0,04). Os pacientes urbanos aumentaram regularmente no período de 8 anos (X2, p = 0,01). As principais queixas foram febre (90%), palidez (90%) e aumento abdominal (75%). A cura clínica foi constatada por ausência de febre, regressão da hepato-esplenomegalia e da pancitopenia. A letalidade geral foi de 9,2%, e 21,2% em lactentes < 1 ano. Desnutrição, edema, sangramento, icterícia e infecção intercorrentes foram fatores relacionados com maior letalidade. CONCLUSÕES: Casos hospitalizados de leishmaniose visceral americana apresentaram picos a cada 5 anos e afetaram crianças urbanas < 5 anos. A mortalidade esteve associada à baixa idade, sinais de gravidade e infecção concomitante.

Keywords : Leishmaniose visceral americana; calazar; epidemiologia; tratamento; criança.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese