SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.81 issue1  suppl.1Nutritional dilemmas in extremely low birth weight infants and their effects on childhood, adolescence and adulthoodControversies about the management of invasive fungal infections in very low birth weight infants author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557

Abstract

TRINDADE, Cleide E. P.. Importância dos minerais na alimentação do pré-termo extremo. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2005, vol.81, n.1, suppl.1, pp. S43-S51. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572005000200006.

OBJETIVO: Revisão crítica da literatura sobre os minerais cálcio, fósforo e microelementos na nutrição do pré-termo extremo, considerando a importância no crescimento, mineralização óssea e como componente de dietas. FONTES DOS DADOS: Utilizamos o banco de dados MEDLINE e o Cochrane Database of Systematic Reviews, de 1994 a 2004. Selecionamos artigos com enfoques originais, artigos de revisão e livros específicos. SÍNTESE DOS DADOS: As dificuldades na nutrição de prematuros extremos aumentam a freqüência de prematuros com restrição de crescimento, cujas conseqüências futuras estão para serem determinadas. Todavia, há pouca literatura sobre minerais, especialmente sobre micronutrientes na nutrição do pré-termo extremo, considerando-se o deficiente armazenamento e a importância destes em nutrição. O principal enfoque desta revisão foi sobre o cálcio e o fósforo na mineralização óssea e na suplementação em nutrição parenteral e enteral, bem como a avaliação crítica da nutrição pós-alta sobre a mineralização óssea. São abordadas as necessidades de micronutrientes, principalmente selênio e zinco, e a função antioxidante do selênio na provável prevenção de doenças do prematuro com atuação de radicais livres. CONCLUSÃO: Considerando os baixos estoques de minerais em prematuros extremos, há necessidade de mais pesquisas sobre minerais na nutrição destes prematuros para definir suas reais necessidades, os aspectos metabólicos, bem como aplicar os conhecimentos na formulação de dietas que permitam prevenir quadros de deficiência e conseqüências a longo prazo. Ainda há controvérsias sobre a influência de fórmulas pós-alta sobre a evolução da doença óssea da prematuridade.

Keywords : Prematuro; minerais; cálcio; selênio; micronutrientes; nutrição.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese