SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.81 issue1  suppl.1Strategies to minimize lung injury in extremely low birth weight infantsActive and passive immunization in the extremely preterm infant author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557

Abstract

FRIEDRICH, Luciana; CORSO, Andréa L.  and  JONES, Marcus H.. Prognóstico pulmonar em prematuros. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2005, vol.81, n.1, suppl.1, pp. S79-S88. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572005000200010.

OBJETIVO: O aumento da sobrevida de prematuros traz o desafio de lidar com um amplo espectro de doenças pulmonares crônicas, incluindo displasia broncopulmonar, síndrome de Wilson-Mikity e sibilância recorrente. Este artigo discute o prognóstico pulmonar clínico e funcional de prematuros na infância e na adolescência. FONTE DE DADOS: Foi realizada pesquisa no MEDLINE de publicações entre 1970 e 2004 que abordassem função e crescimento pulmonar de prematuros, bem como a evolução clínica dos mesmos. SÍNTESE DOS DADOS: Eventos pré e pós-natais como insuficiência placentária, tabagismo, infecções, oxigênio e ventilação mecânica exercem efeitos importantes no desenvolvimento pulmonar, podendo conduzir a doenças pulmonares crônicas, sendo a displasia broncopulmonar a complicação clínica mais severa. No entanto, perdas significativas de função pulmonar também podem ocorrer em prematuros sem critérios de displasia broncopulmonar e que não apresentaram doença respiratória neonatal significativa. Nestes pacientes, o impacto da prematuridade sobre o sistema respiratório é freqüentemente subestimado. Clinicamente, observa-se incidência aumentada de pneumonias e bronquiolites, re-hospitalizações por doenças respiratórias, tosse e sibilância crônicas e hiper-reatividade brônquica. Posteriormente, percebe-se uma tendência à normalização da função pulmonar, mas persistem fluxos reduzidos, menor tolerância a exercícios e hiper-reatividade brônquica. CONCLUSÕES: A prematuridade, os eventos que a provocam e as intervenções que dela decorrem alteram de maneira permanente, em maior ou menor grau, o desenvolvimento do sistema respiratório. São necessários estudos adicionais para esclarecer o efeito de cada um desses insultos perinatais no desenvolvimento do sistema respiratório.

Keywords : Prematuro; displasia broncopulmonar; espirometria; testes respiratórios; doença da membrana hialina.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese