SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.81 issue5The frequency of pharmacological pain relief in university neonatal intensive care unitsRhinovirus and acute bronchiolitis in young infants author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557

Abstract

CHATKIN, Moema N.  and  MENEZES, Ana Maria B.. Prevalência e fatores de risco para asma em escolares de uma coorte no Sul do Brasil. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2005, vol.81, n.5, pp. 411-416. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.2223/JPED.1393.

OBJETIVOS: Estudar a prevalência e fatores de risco para asma em 494 crianças pertencentes à coorte de nascidos em 1993, as quais vêm sendo acompanhadas desde o nascimento, estando, atualmente, com cerca de 6 anos de idade, em Pelotas (RS). MÉTODOS: Foi administrado um questionário padronizado com questões relativas à asma, baseadas em questionário utilizado por um estudo internacional multicêntrico (ISAAC) validado em diversos países. Também obteve-se informações sobre o nível socioeconômico, fatores ambientais, hereditários, nutricionais, gestacionais, alérgicos e eventos infecciosos pregressos. RESULTADOS: A prevalência de asma encontrada foi de 12,8% (IC95%: 10-15,9%). Na análise multivariada, a asma esteve associada com cor da pele não-branca (RR = 1,9 IC95%: 1,1-3,3%), história de asma na família (RR = 2,8 IC95%:1,5-5,1), rinite alérgica na criança (RR = 2,6 IC95%:1,5-4,4) e fumo na gestação (RR = 1,7 IC95%:1-2,9). CONCLUSÃO: A asma infantil tem elevada prevalência em Pelotas, sendo um problema de saúde pública e, como tal, deve-se direcionar ações apropriadas para o seu controle.

Keywords : Asma; epidemiologia; prevalência; fatores de risco.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese