SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.81 issue5  suppl.Bullying: aggressive behavior among studentsThe pediatrician and traffic safety author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557

Abstract

FERREIRA, Ana L. Acompanhamento de crianças vítimas de violência: desafios para o pediatra. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2005, vol.81, n.5, suppl., pp. s173-s180. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572005000700007.

OBJETIVO: Revisar questões práticas voltadas para o acolhimento e acompanhamento pediátricos de crianças vítimas de violência e de suas famílias. FONTE DE DADOS: Revisão de literatura a partir dos bancos de dados MEDLINE e LILACS, anos 2000 a 2005. Foram incluídos, por sua relevância, alguns artigos de anos anteriores e livros. SÍNTESE DOS DADOS: Dentre as ações do profissional de saúde para a proteção da criança vitimizada, destaca-se o acolhimento nos diversos setores da atenção (comunidade, ambulatório, emergência e enfermaria), fundamental para diminuir as conseqüências negativas imediatas e de longo prazo causadas pela violência. As instituições de proteção não conseguem monitorar todas as famílias sob sua responsabilidade, e a maior parte dos casos de maus-tratos sequer chega ao conhecimento desses órgãos, sendo aconselhável a manutenção do acompanhamento pediátrico. Deve-se garantir apoio e orientação à família até que a criança esteja em segurança. Os principais desafios são: envolver-se sem gerar mais violência; ter toda a família como alvo da atenção, incluindo familiares que cometeram a agressão, auxiliando-os a mudar comportamentos inadequados; desenvolver habilidades específicas para esse tipo de trabalho, o qual deve ser multiprofissional, interdisciplinar e intersetorial. CONCLUSÕES: As famílias enfrentam dificuldades quando suas crianças sofrem violência e também quando a situação se torna pública, passando a demandar intervenções de diversas instituições. Nesse processo, o pediatra pode orientá-las e auxiliá-las a garantir a proteção e o desenvolvimento saudável da criança. Para superar os desafios dessa missão, o profissional precisa estar preparado técnica e emocionalmente.

Keywords : Violência; criança; acompanhamento dos cuidados de saúde.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese