SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.81 issue6Growth impairment of children with different types of lip and palate clefts in the first 2 years of life: a cross-sectional studyThe impact of training based on the Baby-Friendly Hospital Initiative on breastfeeding practices in the Northeast of Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557

Abstract

ALMEIDA-JUNIOR, Armando A. et al. Associação entre índice de ventilação e tempo de ventilação mecânica em lactentes com bronquiolite viral aguda. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2005, vol.81, n.6, pp. 466-470. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572005000800010.

OBJETIVO: Avaliar a associação entre tempo de ventilação mecânica e variáveis antropométricas, clínicas e de função pulmonar, precocemente, em lactentes com insuficiência respiratória por bronquiolite viral aguda em ventilação mecânica invasiva, e a evolução temporal das variáveis significativamente correlacionadas. MÉTODOS: Foram estudados 29 lactentes admitidos na unidade de terapia intensiva pediátrica do Hospital de Clínicas da UNICAMP, com diagnóstico de bronquiolite viral aguda, definido por critérios clínicos e radiológicos. Lactentes com doenças crônicas ou instabilidade hemodinâmica foram excluídos. Todas as medidas foram feitas entre 24 e 72 horas em ventilação mecânica, usando capnografia volumétrica e análise dos gases sangüíneos. O tempo de ventilação mecânica foi dividido em: menor ou igual que 7 dias e maior que 7 dias. A associação entre o tempo de ventilação e as variáveis analisadas foi determinada pelo coeficiente de correlação de Spearman (rs) RESULTADOS: O tempo de ventilação mecânica apresentou correlação positiva significativa com a PaCO2 (rs = 0,45, p = 0,01) e com o índice de ventilação (rs = 0,51, p = 0,005), e negativa com o pH (rs = -0,40, p = 0,03). Índice de ventilação com valor de 37, avaliado do primeiro ao quinto dia, foi associado a risco progressivamente aumentado de tempo de ventilação mecânica maior que 7 dias (OR = 4,2 no primeiro dia a 15,71 no quarto dia) CONCLUSÕES: Índice ventilatório, PaCO2 e pH, precocemente medidos, foram associados com tempo prolongado em ventilação mecânica, refletindo a gravidade do distúrbio ventilatório e necessidade de suporte.

Keywords : Função pulmonar; ventilação mecânica; pediatria; terapia intensiva; insuficiência respiratória aguda; volume espaço morto.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese