SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.81 issue6The prevalence of anti-cyclic citrullinated peptide antibodies in juvenile idiopathic arthritisPlastic bronchitis in a child with thalassemia alpha author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557

Abstract

CARVALHO, Werther B.; PEDREIRA, Mavilde L. G.  and  AGUIAR, Maria Augusta L. de. Nível de ruídos em uma unidade de cuidados intensivos pediátricos. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2005, vol.81, n.6, pp. 495-498. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572005000800015.

OBJETIVO: Verificar o nível de ruídos em uma unidade de cuidados intensivos pediátricos. MÉTODOS: Estudo observacional e prospectivo realizado em uma unidade de cuidados intensivos pediátricos de 10 leitos de um hospital universitário da cidade de São Paulo, Brasil. Os níveis de ruídos foram medidos por meio de equipamento instalado no corredor de acesso à unidade de cuidados intensivos pediátricos, posto de enfermagem, duas salas com três e cinco leitos, bem como nas unidades de isolamento. O equipamento utilizado foi calibrado para registrar a pressão do som em dBA, durante 24 horas, por 6 dias. Os dados foram analisados de acordo com as curvas gráficas registradas pelo equipamento. RESULTADOS: Foi identificado um nível basal de ruídos de 60 a 70 dBA, com pico de 120 dBA. Os níveis mais elevados foram identificados no período diurno, decorrentes da atividade e comunicação dos profissionais. CONCLUSÃO: Os níveis de ruídos identificados excederam as recomendações do International Noise Council, da Organização Mundial da Saúde. A educação sobre os efeitos prejudiciais de ruídos na audição humana e sua relação com o estresse constituem as bases para a implementação de programas de redução de ruídos.

Keywords : Unidade de cuidado intensivo; ruídos; ambiente hospitalar; enfermagem pediátrica.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese