SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.82 issue1The prevalence of congenital cytomegalovirus infection in newborn infants at an intensive care unit in a public hospitalClinical course of autoimmune hemolytic anemia: an observational study author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557

Abstract

CARDOSO, Viviane C. et al. Colonização nasofaríngea por Streptococcus pneumoniae em crianças com infecção pelo vírus da imunodeficiência humana. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2006, vol.82, n.1, pp. 51-57. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572006000100011.

OBJETIVO: Estabelecer a prevalência de colonização pneumocócica em crianças infectadas pelo HIV seguidas ambulatorialmente, com idades entre 0 e 18 anos; determinar a resistência à penicilina, identificar os sorotipos e avaliar se houve associação entre fatores de risco conhecidos e colonização nesse grupo. MATERIAL E MÉTODO: Estudo observacional de corte transversal, no qual foram coletados 112 swabs de nasofaringe das crianças no dia de sua consulta mensal, sendo aplicado um questionário às mães. O material coletado foi processado no laboratório de microbiologia do hospital, conforme as normas do National Committee for Clinical Laboratory Standards, e a sorotipagem foi realizada no Centers for Disease Control and Prevention. Na análise estatística, foram empregados o teste de qui-quadrado e análises uni e multivariável por meio de regressão logística múltipla. RESULTADOS: A prevalência de colonização nasofaríngea por pneumococo encontrada foi de 28,6%, com 15,6% de resistência à penicilina (6,2% de resistência intermediária e 9,4% de resistência plena). Os sorotipos identificados foram 6A, 6B, 7C, 9V, 11A, 13, 14, 15A, 16F, 18C, 19B, 19F, 23B, 23F e 34. Não houve associação entre colonização pneumocócica e os fatores de riscos estudados para essa população. CONCLUSÕES: A prevalência de colonização pneumocócica entre crianças infectadas pelo HIV em nosso serviço não foi superior àquela descrita na literatura em crianças sadias.

Keywords : Colonização nasofaríngea; Streptococcus pneumoniae; crianças infectadas pelo HIV.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese