SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.82 issue6Peak expiratory flow monitoring in asthmatic childrenRelationship between positioning of premature infants in Kangaroo Mother Care and early neuromotor development author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557

Abstract

CAMPOS, Denise et al. Concordância entre escalas de triagem e diagnóstico do desenvolvimento motor no sexto mês de vida. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2006, vol.82, n.6, pp. 470-474. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.2223/JPED.1567.

OBJETIVO: Verificar o grau de concordância entre uma escala de triagem e uma de diagnóstico do desenvolvimento motor de lactentes no sexto mês de vida, estabelecendo o ponto de corte mais apropriado para triagem. MÉTODOS: Estudo seccional, incluindo recém-nascidos a termo, com idade gestacional entre 37 e 41 semanas, assintomáticos, que receberam alta da maternidade 2 dias após o nascimento, residentes na região de Campinas. Foram excluídas síndromes genéticas, malformações, infecções congênitas, internações em unidade de terapia intensiva e baixo peso ao nascimento. Os instrumentos de avaliação foram: Alberta Infant Motor Scale (AIMS) e Bayley Scales of Infant Development II (BSID-II). Para a AIMS, foram utilizados dois pontos de corte, percentil 5 ou 10 e, para as BSID-II, foi utilizada a classificação dos lactentes na escala motora conforme a pontuação do index score (IS): desempenho inadequado (IS < 85, abaixo de menos 1 desvio padrão da média) ou desempenho adequado (IS > 85, maior ou igual a menos 1 desvio padrão da média). RESULTADOS: A amostra foi constituída por 43 lactentes. Seis lactentes (14,00%) apresentaram desempenho motor inadequado. Considerando a classificação motora das BSID-II e o percentil 5 da AIMS, obteve-se sensibilidade = 100%, especificidade = 78,37%, acurácia = 81,39%, índice kappa = 0,50 e p < 0,001; considerando a classificação motora das BSID-II e o percentil 10 da AIMS, obteve-se sensibilidade = 100%, especificidade = 48,64%, acurácia = 55,81%, índice kappa = 0,20 e p = 0,025. CONCLUSÕES: Os resultados sugerem boa concordância entre os instrumentos de avaliação no sexto mês. A melhor combinação para os parâmetros analisados é a utilização do percentil 5 da AIMS.

Keywords : Triagem e classificação; diagnóstico; lactente; desenvolvimento infantil; atividade motora.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese