SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.83 issue1Metabolic syndrome and risk factors for cardiovascular disease in obese children: the relationship with insulin resistance (HOMA-IR)Iron bioavailability as a protective factor against anemia among children aged 12 to 16 months author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557On-line version ISSN 1678-4782

Abstract

CASTRO, Eveline C. M.  and  LEITE, Álvaro J. M.. Mortalidade hospitalar dos recém-nascidos com peso de nascimento menor ou igual a 1.500 g no município de Fortaleza. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2007, vol.83, n.1, pp.27-32. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.2223/JPED.1576.

OBJETIVO: Obter informações sobre a mortalidade de recém-nascidos com peso de nascimento menor ou igual a 1.500 g em Fortaleza e comparar com a Rede Vermont Oxford, uma das melhores referências de cuidados neonatais. MÉTODOS: Estudo de coorte prospectivo. Incluídos todos os recém-nascidos com peso de nascimento menor ou igual a 1.500 g em Fortaleza no período de 01/03/02 a 28/02/03 em todos os hospitais-maternidades com unidade de terapia intensiva neonatal. Os recém-nascidos foram seguidos do nascimento até a alta domiciliar ou morte hospitalar, utilizando o questionário da Rede Vermont Oxford. RESULTADOS: Foram analisados 774 recém-nascidos. O coeficiente de mortalidade neonatal foi de 477‰, e o coeficiente de mortalidade pós-neonatal foi de 35‰, elevando o coeficiente de mortalidade hospitalar total para 512‰. O coeficiente de mortalidade neonatal precoce foi de 335‰, e o coeficiente de mortalidade neonatal tardio foi de 142‰. Para todas as faixas de peso, os coeficientes de mortalidade em Fortaleza foram superiores aos da rede Vermont Oxford e também aos de Montevidéu, excetuando-se a faixa de peso menor ou igual a 600 g. CONCLUSÕES: Os resultados mostram elevadas taxas de mortalidade hospitalar de recém-nascidos de muito baixo peso com uma maior concentração na primeira semana de vida, sugerindo tanto deficiência na assistência prestada nas unidades de terapia intensiva neonatal quanto na atenção antenatal e no momento do parto.

Keywords : Mortalidade neonatal; recém-nascido de muito baixo peso.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf epdf ) | Portuguese ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License