SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.83 issue3Coagulation disorder in children and adolescents with moderate to severe traumatic brain injury author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557

Abstract

LEITE, Maria das Graças da Cunha; GRANATO, Valéria de Araújo; FACCHINI, Fernando Perazzini  and  MARBA, Sérgio Tadeu Martins. Comparação entre a dosagem transcutânea e plasmática de bilirrubina. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2007, vol.83, n.3, pp. 283-286. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572007000400015.

OBJETIVOS: Comparar dosagens transcutâneas de bilirrubina pelo Bilicheck com a dosagem plasmática capilar pelo bilirrubinômetro Unistat (Leica). MÉTODOS: Foram realizadas 200 dosagens concomitantes (transcutânea e plasmática), calculadas a correlação e concordância entre elas e feita avaliação da influência do peso de nascimento, raça, idade gestacional, idade pós-natal e uso de fototerapia. RESULTADOS: A correlação linear foi de 0,92, e a média da diferença entre as dosagens foi de 0,72 (±1,57) mg/dL, com intervalo de confiança em 95% de -2,42 a +3,86. A curva ROC realizada com a dosagem transcutânea em 14 mg/dL demonstrou melhor sensibilidade (88,2%) e especificidade (97,8%), com valor preditivo positivo de 78,9%, valor preditivo negativo de 98,9 e área abaixo da curva de 0,98. CONCLUSÃO: A dosagem realizada pelo Bilicheck pode substituir a dosagem plasmática capilar até o valor de 14 mg/dL. Acima deste nível, deve ser considerada apenas como rastreador na seleção de pacientes que devem ser submetidos a dosagem sangüínea.

Keywords : Bilirrubina; hiperbilirrubinemia; icterícia; recém-nascido; dosagem transcutânea de bilirrubina.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese