SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.83 issue5  suppl.Pharmacological management of children with short stature: the role of aromatase inhibitorsThe role of the pediatrician in the management of children with genital ambiguities author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557

Abstract

DELLA MANNA, Thais. Nem toda criança diabética é tipo 1. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2007, vol.83, n.5, suppl., pp. S178-S183. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572007000700009.

OBJETIVO: Apesar de o diabetes melito tipo 1 de origem autoimune ser o mais prevalente na infância e adolescência, outras formas de diabetes também podem acometer essa população, implicando em prognóstico e tratamentos diferentes. FONTES DOS DADOS: Foram utilizadas informações através de revisão bibliográfica realizada por busca direta de artigos científicos nas bases de dados MEDLINE e LILACS, além de publicações clássicas referentes ao tema, sendo escolhidas as mais representativas. SÍNTESE DOS DADOS: Este artigo discute os mecanismos fisiopatológicos, quadro clínico e tratamento das diversas formas de diabetes que acometem a faixa etária pediátrica, como diabetes melito tipo 1, diabetes melito tipo 2, diabetes do tipo maturity-onset diabetes of youth, diabetes neonatal, diabetes mitocondrial, diabetes da lipodistrofia generalizada, diabetes secundário a outras pancreatopatias, diabetes secundário a outras endocrinopatias, diabetes associado a infecções e drogas citotóxicas e diabetes relacionado a algumas síndromes genéticas. CONCLUSÃO: O reconhecimento do mecanismo fisiopatológico primário da forma de diabetes apresentada pode orientar seu tratamento específico, otimizando seu controle metabólico e minimizando suas complicações a longo prazo.

Keywords : Diabetes melito; diagnóstico diferencial; criança; diabetes melito neonatal; síndromes.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese