SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.83 issue6The use of bioelectrical impedance to detect excess visceral and subcutaneous fatEffect of intervention on the rates of breastfeeding of very low birth weight newborns author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557

Abstract

TEIXEIRA, Beatriz C. et al. Refluxo gastroesofágico e asma na infância: um estudo de sua relação através de monitoramento do pH esofágico. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2007, vol.83, n.6, pp. 535-540. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.2223/JPED.1736.

OBJETIVOS: Este trabalho tem como objetivo verificar a prevalência do refluxo gastroesofágico em crianças com asma e avaliar se o índice de refluxo tem uma boa sensibilidade e especificidade para o diagnóstico de refluxo gastroesofágico. MÉTODOS: Foram estudadas 69 crianças de 1 a 5 anos, com asma, através do exame de pHmetria de 24 horas. RESULTADOS: A idade das crianças variou de 12,4 a 63,1 meses, com uma média de 30,79, sendo que 62,3% eram do sexo masculino. O refluxo gastroesofágico foi observado em 68,1% das crianças. Quando separados os pacientes em duas categorias (asma moderada e grave), a associação foi de 58,5 e 82,1%, respectivamente. O refluxo gastroesofágico oculto ocorreu em 31,8% dos casos. O índice de refluxo mostrou uma sensibilidade de 89,4%, especificidade de 95,5%, valor preditivo positivo de 97,7% e valor preditivo negativo de 80,8%. CONCLUSÕES: Os resultados obtidos neste estudo indicam uma elevada associação entre o refluxo gastroesofágico e a asma e sugerem que o índice de refluxo, como parâmetro único, tem uma boa sensibilidade e especificidade para o diagnóstico da doença do refluxo gastroesofágico.

Keywords : Asma; refluxo gastroesofágico; criança; pHmetria.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese