SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.83 issue6Non-Hodgkin's lymphoma in childhood: clinical and epidemiological characteristics and survival analysis at a single center in Northeast BrazilChildhood cancer: maternal perceptions and strategies for coping with diagnosis author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557

Abstract

LASMAR, Laura M. L. B. F. et al. Prevalência da rinite alérgica e seu impacto na utilização dos serviços de pronto-atendimento em um grupo de crianças e adolescentes com asma persistente moderada e grave. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2007, vol.83, n.6, pp. 555-561. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.2223/JPED.1727.

OBJETIVOS: Avaliar a prevalência da rinite alérgica (RA) e os fatores associados à utilização de serviços de pronto-atendimento por asma aguda em crianças e adolescentes asmáticos tratados com corticóide inalatório. MÉTODOS: Foi realizado um estudo transversal, do qual participaram 126 pacientes que se encontravam em tratamento com o dipropionato de beclometasona por 3 anos. Através de modelos de regressão logística, foram avaliados os fatores associados à consulta de pronto-atendimento no terceiro ano de tratamento com dipropionato de beclometasona. RESULTADOS: A prevalência da rinite alérgica foi de 74,6% (IC95% 65,9-81,7). A presença de rinite alérgica (OR = 2,98, IC95% 1,10-8,06) e a gravidade da asma (OR = 2,09, IC95% 1,05-4,44) foram fatores independentes para consultas em pronto-atendimento. CONCLUSÃO: A rinite alérgica apresentou elevada prevalência no grupo estudado e, aliada à gravidade da asma, foi o principal fator de risco para as consultas de pronto-atendimento. Os serviços de saúde deveriam ficar atentos para o reconhecimento precoce da rinite alérgica nos pacientes com asma.

Keywords : Asma; rinite alérgica; consultas em pronto-atendimento; corticóide inalatório.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese