SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.83 issue6Childhood cancer: maternal perceptions and strategies for coping with diagnosisPrevalence of plexiform neurofibroma in children and adolescents with type i neurofibromatosis author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557

Abstract

SOARES, Fernanda V. M. et al. Calorimetria indireta: uma ferramenta para adequação das necessidades energéticas dos recém-nascidos de muito baixo peso ao nascer. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2007, vol.83, n.6, pp. 567-570. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572007000800015.

OBJETIVO: Verificar o gasto energético de repouso dos recém-nascidos de muito baixo peso ao nascer através da calorimetria indireta. MÉTODOS: Estudo transversal com 29 recém-nascidos de muito baixo peso ao nascer, clinicamente estáveis, recebendo dieta > 100 kcal/kg/dia. A desnutrição foi determinada como todo escore z do peso para idade ≤ -2 DP. A aferição do gasto energético de repouso foi realizada através da calorimetria indireta com o sistema aberto. RESULTADOS: No momento do exame, o peso médio foi de 1.564±393 g, idade corrigida de 35±3 semanas, e a desnutrição estava presente em 62,1%. O valor médio da taxa metabólica basal foi de 57,01±7,76 kcal/kg/dia, maior do que o usado como referência. CONCLUSÃO: O elevado gasto energético de repouso pode estar exercendo um forte impacto no desenvolvimento da desnutrição no período de hospitalização, pois o gasto energético de repouso é o principal componente calórico do gasto energético total.

Keywords : Nutrição; calorimetria indireta; pré-termos.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese