SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.84 issue3Report of the first Brazilian infantile Pompe disease patient to be treated with recombinant human acid alpha-glucosidase author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557

Abstract

MATTEI, Sonia M.; FALLEIROS-CARVALHO, Luiza Helena  and  CAVALCANTE, Nilton J. F.. Doença pneumocócica invasiva em crianças e adolescentes soropositivos para HIV. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2008, vol.84, n.3, pp. 276-280. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572008000300015.

OBJETIVO: Doença Invasiva Pneumocócica (DPI) afeta crianças principalmente menores de 5 anos, idosos e grupos de risco, especialmente pessoas infectadas pelo vírus da Imunodeficiência Humana (HIV). O objetivo deste trabalho foi analisar as doenças pneumocócicas invasivas (DPI) em crianças e adolescentes infectados pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV), de acordo com morbiletalidade, sorotipos, sensibilidade à penicilina e ceftriaxona e distribuição de Streptococcus pneumoniae (Sp) sensíveis e resistentes presentes na vacina antipneumocócica conjugada 7-valente, já licenciada. MÉTODOS: Foram identificados 19 casos de DPI entre pacientes HIV soropositivos com idade entre 1 mês e 20 anos hospitalizados de 1993 a 2000. Os dados foram registrados em fichas padronizadas, contendo informações sobre idade, diagnóstico clínico e evolução, sorotipos e perfil de sensibilidade para penicilina e ceftriaxona das cepas de Sp isoladas em cultura. Sp com concentração inibitória mínima < 0,1 mcg/mL foi considerado sensível à penicilina (SpSPn), e as demais cepas como não sensíveis (SpNSPn). RESULTADOS: Dos 19 casos de DPI em HIV soropositivos, 16 (84%) tinham pneumonia e três (16%), meningite; 13 (68%) ocorreram em crianças menores de 2 anos e 16 (84%) em menores de 5 anos. A letalidade foi de 10%. Dos 13 casos em menores de 2 anos, sete (54%) foram SpNSPn e 10 (77%) foram causados por sorotipos contemplados na vacina antipneumocócica conjugada 7-valente. Foram isolados 10 sorotipos, sendo mais freqüentes o 14, 6B e 23F, todos sensíveis à ceftriaxona. Dos três casos de meningite, dois foram causados por SpNSPn. CONCLUSÃO: A maioria das DPI ocorreu em menores de 2 anos de idade; 77% das cepas e 86% dos sorotipos de SpNSPn estão contemplados pela vacina antipneumocócica conjugada 7-valente.

Keywords : Pneumococo; Streptococcus pneumoniae; crianças; adolescentes; HIV soropositivos; meningite; pneumonia; doença pneumocócica invasiva; vacina antipneumocócica.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese