SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.84 issue6Use of posterior fontanelle in the ultrasound diagnosis of intraventricular/periventricular hemorrhagePlatelet and leptin in obese adolescents author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557

Abstract

GUERRA, Cláudia M. N.; CARVALHO, Luís F. A.; COLOSIMO, Enrico A.  and  FREIRE, Heliane B. M.. Análise de variáveis relacionadas à evolução letal do escorpionismo em crianças e adolescentes no estado de Minas Gerais no período de 2001 a 2005. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2008, vol.84, n.6, pp. 509-515. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572008000700007.

OBJETIVOS: Descrever e avaliar os acidentes escorpiônicos notificados no estado de Minas Gerais, em crianças e adolescentes, no período de 2001 a 2005, e calcular incidência e mortalidade e identificar fatores relacionados à evolução para óbito. MÉTODOS: Estudo de 14.406 fichas de notificação obrigatória do escorpionismo em Minas Gerais, de pacientes de 0 a 19 anos. Após análise univariada, com fatores relacionados a mortalidade (p < 0,25), foi realizada regressão logística para análise multivariada. RESULTADOS: Houve aumento das notificações dos acidentes escorpiônicos ao longo dos anos. A faixa etária em que mais ocorreu acidente foi de 5 a 9 anos. Dor local esteve presente em 95% dos casos. A maioria dos casos foi classificada como leve (60%), com utilização do soro em 42% dessa população. A letalidade média foi de 0,7%. O município de maior ocorrência do acidente foi a capital Belo Horizonte. O atraso de cada 1 hora até o primeiro atendimento representou aumento de 9% na razão de chance de evolução para óbito, que foi 46 vezes maior no grupo grave do que nos grupos moderado e leve. Para cada ano a menos na idade do paciente houve um aumento de 13% na razão de chance de evolução para óbito. CONCLUSÕES: Houve aumento do número de notificações ao longo dos anos estudados. Foram identificados como fatores com maior razão de chance de evoluir para óbito: atraso para o primeiro atendimento, ser classificado como grave e menor idade.

Keywords : Escorpionismo; envenenamento; epidemiologia; picada por escorpião; adolescente; criança.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese