SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.85 issue1Is being small for gestational age a risk factor for retinopathy of prematurity? A study with 345 very low birth weight preterm infantsBody fat assessment by bioelectrical impedance and its correlation with different anatomical sites used in the measurement of waist circumference in children author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal de Pediatria

Print version ISSN 0021-7557

Abstract

RODRIGUES, Anabel Nunes et al. Fatores de risco cardiovasculares, suas associações e presença de síndrome metabólica em adolescentes. J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2009, vol.85, n.1, pp. 55-60. ISSN 0021-7557.  http://dx.doi.org/10.2223/JPED.1867.

OBJETIVO: Avaliar a ocorrência de síndrome metabólica (SM) e fatores de risco associados em adolescentes de Vitória (ES). MÉTODOS: Foram avaliados 380 adolescentes de 10 a 14 anos de idade estudantes de escolas públicas. Foram mensurados: índice de massa corporal, pressão arterial em repouso, dosagens séricas em jejum das concentrações de colesterol total, LDL-colesterol, HDL-colesterol, triglicerídeos e glicose. RESULTADOS: Identificou-se prevalência de sobrepeso em 9,6% dos meninos e em 7,4% das meninas, enquanto que obesidade foi observada em 6,2 e 4,9%, respectivamente. As concentrações de triglicerídeos foram limítrofes ou altas em 6,8 e 3,4% dos meninos e em 11,8 e 5,9% das meninas. A concentração de HDL-colesterol estava abaixo dos níveis padronizados em 8,5% dos meninos e em 9,9% das meninas. A pressão arterial em repouso foi limítrofe para 5,1% dos meninos e 7,9% das meninas, enquanto que 3,4% tanto dos meninos quanto das meninas foram considerados hipertensos. Glicemia de jejum foi alta em 0,6% dos meninos e em 0,5% das meninas. No grupo estudado, 2,8% dos meninos e 2,5% das meninas apresentaram dois fatores de risco associados a SM. A prevalência de SM foi de 1,1% para meninos e 1,5% para meninas e a total foi de 1,3%. CONCLUSÕES: Fatores de risco cardiovasculares associados a SM são condições clínicas importantes nessa faixa etária. Um número significativo de adolescentes apresentou resultados limítrofes, os quais podem aumentar a prevalência de SM ou de fatores de risco independentes em curto prazo. Mais investimentos devem ser feitos na prevenção primária, considerando que o diagnóstico precoce é uma questão de fundamental importância.

Keywords : Síndrome metabólica; adolescentes; fatores de risco cardiovasculares; colesterol; obesidade.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese